Guia da Semana

Game of Thrones conquista fãs

Superprodução da HBO, que passa no Brasil desde 8 de maio, a série desbrava o universo da Terra Média na televisão.

Fotos: Divulgação
 
O Trono de Ferro, onde Eddard "Ned" Stark está sentado, foi conquistado há 17 anos pelo rei Robert Baratheon, é feito de espadas retorcidas e foi construído durante a dinastia do antigo monarca Aegis Targaryen, morto na Rebelião de Robert.

Depois de ter a chance de assistir a dois ótimos dramas históricos nas séries The Tudors, sobre o Rei Henrique VIII, e Roma, que abordou a construção do império romano, os espectadores brasileiros que curtem cenários grandiosos, figurinos impecáveis e intrigas políticas não podem perder a série Game of Thrones, exibida no Brasil pelo canal por assinatura HBO. Apesar de uma estreia tímida nos Estados Unidos, com a audiência abaixo da expectativa, ela vem ganhando fãs a cada novo episódio.

O programa é baseado numa série de livros de fantasia épica chamada As Crônicas de Gelo e Fogo (Song of Ice and Fire), criada pelo escritor norte-americano George R. R. Martin. Sucesso em todo o mundo -  já vendeu 15 milhões de cópias - a saga literária chegou ao Brasil há pouco tempo. Apesar disso, os dois livros iniciais, A Guerra dos Tronos e Fúria dos Reis (ambos da editora Leya) venderam 70 mil exemplares em sete meses. Com a versão para a TV produzida pela HBO, que já teve a realização de uma segunda temporada garantida, a expectativa da editora é que os números devem crescer ainda mais.

Durante entrevistas para divulgação da série, o autor George R. R. Martin contou que o argumento de sua saga surgiu numa viagem à Inglaterra, ainda nos anos 80. Lá, ele conheceu o Muro de Adriano, erguido a mando do imperador romano para proteger o mundo civilizado dos bárbaros que viviam ao norte, onde atualmente fica a Escócia, e começou a imaginar qual seria a sensação de um legionário do século II ao olhar do topo do muro para o que julgava ser o fim do mundo. Ao criar a história, este muro se transformou em uma edificação de 200 metros de altura, contra três metros da construção real. Do outro lado, ao invés de simples escoceses, se encontram criaturas sobrenaturais.

Um pouco da história

 
Sean Bean (de O Senhor dos Anéis) vive o austero Eddard "Ned" Stark, patriarca de uma tradicional família do gelado norte de Westeros, o continente imaginário onde se passa a série.

Durante os dez episódios da primeira temporada, que consumiram 100 milhões de dólares de produção, os espectadores conhecem o que se passa em um mundo onde as poderosas famílias Stark e Lannister lutam pelo controle de Westeros, continente fictício no qual se distribuem sete reinos que lembram as cidades fortificadas da Idade Média. A história se inicia quando Ned Stark (Sean Bean), patriarca de uma das principais casas da nobreza de Westeros, é convidado pelo rei Robert Baratheon (Mark Addy) para ser seu novo conselheiro, já que o antigo ocupante da função morreu em circunstâncias obscuras.

Após aceitar a proposta, Ned viaja para a capital dos sete reinos com a missão de investigar a morte e começar seu trabalho. Paralelamente, vivem em exílio do outro lado do mar Viserys Targaryen (Harry Lloyd) e sua irmã mais nova, Daenerys (Emilia Clarke), cujo pai foi assassinado pelo Rei Robert há 15 anos. A ambição e o ressentimento levam os irmãos a fazer de tudo para reconquistar o trono perdido.

 
Daenerys Targaryen (Emilia Clarke, Doctors) e seu irmão mais velho, Viserys, são os últimos sobreviventes da dinastia que governava Westeros antes da Rebelião de Robert derrubá-la do trono.

Fãs brasileiros

Com sua história complexa e bem produzida, Game Of Thrones conquistou diversos admiradores no Brasil. Três deles são os amigos Anderson, Lidiany, e Felipe, que formam a equipe do site Game of Thrones BR. Anderson Marques Ferraz, de 24 anos, conta que conheceu as obras que inspiraram a série por meio de Lidiany, fundadora oficial do site. "Ela já gostava dos livros e, cerca de um ano atrás, ficou sabendo que iria ter a versão televisiva. Por isso, criou o blog, justamente para comentar sobre o assunto". Com a demanda, Lidiany acabou convidando os dois amigos para se juntarem ao time.

Na opinião de Anderson, a série faz sucesso porque tem uma temática bastante nova. E, apesar de reconhecer que os elementos fantásticos estão presentes na história, ele diz que Game of Thrones é diferente do que o público está acostumado a ver nesse universo de fantasia. "No caso, as intrigas políticas são o carro-chefe da história, com muitas mortes sangrentas, maquinações e troca de influências".

Comparações

Justamente por fazer parte de um universo de fantasia, que costuma agradar mais a faixa etária dos 12 aos 15 anos, a série foi recebida com ressalvas e chegou a ser comparada por muitos com a saga O Senhor dos Anéis. Porém, apesar de ambos se passarem na Terra Média, os livros de Martin fogem dos elfos e magos tão disseminados pela obra de J.R.R. Tolkien (1892-1973). Anderson, do site brasileiro, explica que os fãs de Game of Thrones reclamam bastante dessas comparações. "O foco central das histórias são diferentes. Com Tolkien é tudo muito fantástico, incrível e muito mais complexo e melhor descrito do que na história de George Martin", explica. "Mas, na minha opinião, a trama política é mais bem explorada pelo segundo escritor".

Além da qualidade do produto - equivalente a uma produção cinematográfica -, Game of Thrones destaca-se pelo roteiro maduro e elenco competente, com nomes conhecidos como o ator Sean Bean, que viveu o Boromir na série de filmes O Senhor dos Anéis. "Como fã dos livros, acredito que a HBO está fazendo um trabalho muito bem feito nessa transição para a TV", elogia Anderson.

Em julho, deverá chegar às livrarias americanas, após um hiato de seis anos, o quinto e antepenúltimo livro da saga. Nesse ritmo, e se série continuar a fazer sucesso, os fãs podem esperar a transição do último capítulo da saga para a televisão dentro de dez anos, mais ou menos. Porém, os apaixonados pelo tema, assim como Anderson, acreditam que isso não será um problema.

Atualizado em 12 Fev 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Confira a programação especial de fim de ano da Rede Globo

A emissora carioca preparou muitas novidades para o mês de dezembro

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro

Globo planeja exibir versões censuradas de suas séries na internet

Diretor de mídias digitais da emissora já avalia a ideia