Guia da Semana

Palestra Pai Rico

Robert Kiyosaki pela primeira vez no Brasil



Pela primeira vez no Brasil, Robert Kiyosaki (foto) abre a programação de palestras da Expo Money São Paulo, que começa em 17 de Setembro. O autor já conquistou mais de dois milhões de leitores no Brasil e 20 milhões no mundo.

A edição comemorativa do livro Pai Rico Pai Pobre, lançada pela editora Campus-Elsevier, já está à venda com exclusividade nas Lojas Saraiva/Siciliano. Os primeiros compradores recebem um convite para conferir a palestra ao vivo de Kiyosaki na Expo Money São Paulo 2009. Os participantes que não quiserem adquirir o livro também podem assistir à palestra nas salas de transmissão simultânea. O evento é totalmente gratuito e oferece uma oportunidade única de ouvir o grande incentivador da cultura da independência financeira.



A Expo Money é o maior evento da América Latina de educação financeira e investimentos. Através de palestras gratuitas, ministradas por experts no assunto, os participantes aprendem sobre Planejamento Financeiro Pessoal e opções de investimentos disponíveis no mercado, para conquistar a independência financeira.




Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Quarta temporada de ‘Adotada’ estreia nesta terça-feira (11), na MTV

Maria Eugênia vai rodar por todo o Brasil em 13 novos episódios inéditos

Marcos é expulso do BBB 17

A delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá esteve nos Estúdios Globo nesta segunda-feira (10)

Talk show de Tatá Werneck estreia hoje no Multishow

"Lady Night" vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 22h30

Sílvio Santos passa o comando do SBT para as filhas Daniela e Renata

Patrícia Abravanel ficou de fora das ações da emissora

Transmissão ao vivo do show da Marília Mendonça no Rio de Janeiro na TV e Internet

Cantora apresenta turnê do DVD ' Realidade - Ao Vivo' a partir das 23h

José Mayer assume que errou em carta aberta

Acusado de assédio sexual por figurinista da Globo, ator admite que "passou dos limites"