Guia da Semana

Sem perder a hora

Relógios de todas as cores e formas ajudam a compor o estilo de um ambiente


Por Juliana Crem


Já houve um tempo em que os relógios eram sinônimos apenas de hora certa. Sua única função era trabalhar para a informar o tempo e ficar sempre ao alcance dos olhos. Nos dias de hoje, estes objetos combinam a funcionalidade com decoração no ambiente em que se encontram.

Com mais de cinco mil anos de existência, essas peças foram totalmente incorporadas nas nossas rotinas, tanto que dificilmente conseguimos viver sem elas. Geralmente, os locais mais comuns em que se encontram são a cozinha, o quarto e o escritório, mas nada impede que o objeto vá parar no banheiro, na sala e em qualquer outro cômodo no qual se harmonize com o ambiente. "A tendência atual permite o uso de relógios ou equipamentos eletrônicos em todos os ambientes, mas deve-se avaliar a necessidade do objeto num local de convívio, como sala de leitura ou ambientes mais intimistas. Às vezes é bom fugir da tirania dos horários", pondera a arquiteta e urbanista Silvia Obelar.

Os objetos também saem das paredes e ganham outros pontos de exposição. Presentes nas escrivaninhas, sobre a geladeira, na cabeceira da cama e em tantos outros locais, os "relógios de mesa" aparecem para agregar beleza e praticidade no ambiente em que são postos. "Um modelo de relógio pode dificultar a leitura das horas, mas como peça decorativa tem um efeito surpreendente, o que justifica seu uso", lembra Silvia.

O modelo, a cor e o local onde o relógio será colocado devem combinar com o estilo de quem circula por ele. Deve-se sempre comprar o modelo que mais se ajustar com o jeito da pessoa e da casa em que ela se encontra. A arquiteta diz que é possível mesclar estilos, como por exemplo, colocar um relógio antigo em uma decoração moderna, para dar um contraponto. Essa mistura, entretanto, deve ser feita com cautela para que as peças não destoem muito do ambiente.

É possível ainda ter pistas sobre a personalidade das pessoas pelos relógios que elas possuem. Parece loucura, mas existem peças tão distintas que sua presença demonstra traços típicos de homens solteiros, mulheres de sucesso, crianças, jovens românticas, etc. São pequenos detalhes que podem dizer muitas coisas. "Os objetos denunciam praticidade, arrojo, exclusividade e trazem uma forte carga da personalidade de quem os adquire", explica Silvia.

Com diversas tecnologias, tamanhos, formatos e cores disponíveis no mercado, fica realmente complicado escolher um relógio que combine exatamente com o estilo da pessoa e do local onde será colocado. Na dúvida, o gosto pessoal deve predominar, afinal de contas, o objeto deve agradar os olhos do dono e, se toda a casa reflete a individualidade e a vontade de quem lá vive, a peça conseguirá o mesmo efeito.

Onde encontrar:
Tok&Stok:
www.tokstok.com.br

Camicado:
www.camicado.com.br

Multicoisas:
Shopping Villa-Lobos: Av. das Nações Unidas, 4777, Loja 01-Piso G1, Alto de Pinheiros - SP.
Tel.(11) 3024-3833

Silvia Obelar:
silvia@silviaobelar.com.br ou s.obelar@ig.com.br

* Os preços citados nessa reportagem podem sofrer alterações.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Quarta temporada de ‘Adotada’ estreia nesta terça-feira (11), na MTV

Maria Eugênia vai rodar por todo o Brasil em 13 novos episódios inéditos

Marcos é expulso do BBB 17

A delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá esteve nos Estúdios Globo nesta segunda-feira (10)

Talk show de Tatá Werneck estreia hoje no Multishow

"Lady Night" vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 22h30

Sílvio Santos passa o comando do SBT para as filhas Daniela e Renata

Patrícia Abravanel ficou de fora das ações da emissora

Transmissão ao vivo do show da Marília Mendonça no Rio de Janeiro na TV e Internet

Cantora apresenta turnê do DVD ' Realidade - Ao Vivo' a partir das 23h

José Mayer assume que errou em carta aberta

Acusado de assédio sexual por figurinista da Globo, ator admite que "passou dos limites"