Guia da Semana

Incêndio destrói obras de Hélio Oiticica

Publicação: segunda, 19 de outubro de 2009.

Na noite da última sexta, um incêndio atingiu a casa onde ficava armazenada parte da obra do artista tropicalista Hélio Oiticica. O desastre destruiu diversos quadros, esculturas, instalações e outras peças do carioca. Apesar disso, algumas de suas obras mais representativas, como Tropicália e Cosmococas, foram preservadas no Instituto Inhotim, em Minas Gerais, e na galeria Tate Modern, em Londres.

Entre o que se perdeu estão quase todos os parangolés - estandartes e bandeiras feitos para serem vestidos em performances. Ao todo, o prejuízo estimado gira em torno de R$ 200 milhões.






Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA