Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Brasil para exportação

Veja o olhar estrangeiro sobre o nosso cenário com os longas metragens rodados em território brasileiro.

Seja para retratar cenários paradisíacos em uma comédia romântica ou  a violência das grandes metrópoles para filmes policiais, a ex-colônia portuguesa e maior território da América Latina vem aos poucos sendo explorada como cenário pelo cinema estrangeiro. Assim como o mais recente lançamento hollywoodiano Os Mercenários, as paisagens tupininquis dão vida a roteiros, criam empatia com o público e ainda aumentam a arrecadação na bilheteria. Conheça os longas filmados aqui e suas respectivas repercussões mundo afora.

Sabor da Paixão (2000)



Ambientada na terra de Jorge Amado, a comédia romântica narra a história da sensual e ingênua Isabela (Penélope Cruz), que tem o dom de agradar aos paladares e corações masculinos. Após a descoberta da traição do marido ( Murilo Benício), abandona a cozinha de um sufocante restaurante na Bahia para buscar o reconhecimento em São Francisco, nos Estados Unidos. O aroma peculiar da culinária, em que a pimenta é predominante, torna-a uma celebridade instantânea da TV.

A diretora venezuelana Fina Torres embarcou no país durante um mês e meio para fazer as filmagens de Sabor da Paixão. O longa estreou Murilo Benício em Hollywood e foi o primeiro falado em língua inglesa por Penélope Cruz - que ficou hospedada na casa de Caetano Veloso e Paula Lavigne durante as gravações na Bahia. A trilha sonora acompanhou o cenário, resultando em um repertório com muita Bossa Nova.

Turistas (2006)



Talvez o mais polêmico filmado aqui, o longa narra a história de um grupos de turistas americanos que resolvem passar as férias no Brasil. No país, Olivia Wilde, Melissa George, Josh Duhamel e Desmond Askew conhecem um paraíso à beira-mar, mas quando menos esperam são roubados e sequestrados por uma gangue de extração de órgãos. A partir daí, o pesadelo dos estrangeiros começam.

Apresentando xenofobia, exploração sexual, sadismo e sangue, Turistas foi bastante criticado pela imprensa brasileira e internacional, mostrando uma infinidade de clichês e estereótipos pinçados pelo diretor John Stockwell. Gravado na Guatemala, nas proximidades de Ubatuba (SP) e em Lençóis (BA), o filme trazia em seu cartaz de divulgação, logo abaixo da palavra 'Turistas', a frase 'Go home' - o que em português significa 'Vão para casa'.

O Incrível Hulk (2008)



Fiel aos quadrinhos e à série de TV dos anos 70, O Incrível Hulk apresenta o fugitivo cientista Bruce Banner (Edward Norton) que busca um meio de retirar a radiação gama presente em seu sangue, fruto de um projeto secreto mal-sucedido do exército americano. Ele vive escondido em uma favela do Rio de Janeiro e longe de sua amada Betty Ross (Liv Tyler). Os militares tentam capturá-lo com a intenção de explorar o poder que faz com que Banner se transforme em Hulk.

O longa foi criado depois do fracasso de bilheteria do Hulk, de Ang Lee (2003), e procurou se desvincular totalmente deste. As cenas foram rodadas na Favela Tavares Bastos (Rio de Janeiro) e contam com a participação do lutador de vale-tudo, Rickson Gracie, como instrutor de jiu-jitsu. O filme custou para os cofres da Marvel Studios US$ 150 milhões e a arrecadação das bilheterias rendeu mais de US$ 260 milhões.

Ensaio Sobre a Cegueira (2008)



Em uma co-produção entre Japão, Brasil e Canadá, Ensaio Sobre a Cegueira é baseado no livro homônimo de José Saramago, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura. A trama mostra uma cidade invadida por uma epidemia de cegueira branca, onde parte dessa população é confinada e precisa aprender a conviver no meio do caos, violência e racionamento. No elenco, participam os atores Danny Glover, Julianne Moore, Gael Garcia Bernal e a brasileira Alice Braga.

Apesar de ser uma produção com estrutura hollywoodiana, a obra não conta com a participação norte-americana. Dirigido por Fernando Meirelles, prestigiado diretor brasileiro, o filme foi rodado em Toronto (Canadá), Montevidéu (Uruguai) e no Elevado Costa e Silva, em São Paulo. O longa abriu o Festival de Cannes de 2008 e foi orçado em US$ 25 milhões.

Os Mercenários (2010)



No melhor estilo pancadaria, explosões e tiradas de efeito, Os Mercenários, dirigido por Sylvester Stallone, entrou em cartaz nos cinemas em 13 de agosto. Acompanhado de um time de atores de elite do gênero - Arnold Schwarzenegger, Bruce Willis, Jason Statham, Jet Li, Terry Crews, Randy Couture, e Dolph Lundgren -, o longa narra as aventuras de um grupo militar, classificados como dispensáveis, reunidos para combater um ditador latino-americano.
Com o orçamento de aproximadamente US$ 60 milhões, as filmagens foram realizadas em duas partes: a primeira no Brasil, na cidade de Mangaratiba (RJ), e a segunda no Parque Lage (RJ). Sylvester Stallone criou animosidade com o público brasileiro ao críticar o país durante a divulgação do filme no Comic-Con 2010. Rodrigo Santoro, Cleo Pires e Juliana Paes chegaram a negociar com a produção do filme, porém, os únicos que participaram do elenco foram a mexicana radicada no Brasil Gisele Itié e o lutador brasileiro Minotauro.

*Fotos: divulgação

Atualizado em 10 Abr 2012.

Mais notícias

7 filmes do diretor David Lynch que você precisa assistir

Cinema

Os melhores filmes infantis de 2019... até agora

Cinema

10 filmes imperdíveis com alienígenas para quem gosta do gênero

Cinema

10 filmes europeus imperdíveis para assistir na Netflix

Cinema

"MIB: Homens de Preto - Internacional", "Dor e Glória" e mais quatro filmes estreiam nesta quinta (13); Confira:

Cinema

Dia dos Namorados? 8 filmes para cultivar o amor próprio

Cinema