Guia da Semana

Cineasta filma documentário sobre sua própria morte

Publicação: sexta, 03 de outubro de 2008.

Gil Rosselini, filho adotivo do diretor Roberto Rosselini, faleceu na noite desta quinta-feira (02/10), após sofrer por quatro anos de uma grave infecção. Na época, em 2004, depois de passar três semanas em coma, o cineasta decidiu fazer um documentário sobre a evolução da doença.

Durante o período, ele filmou Kill Gil e Kill Gil 2. Quando morreu, o diretor estava se preparando para completar o terceiro da série, que seria apresentado no Festival de Roma, no final do mês. Mesmo com a morte do autor, o filme será exibido incompleto no evento, com o título de Kill Gil 2 e meio.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

"All I See is You", drama com Blake Lively, ganha primeiro trailer; assista!

Longa estreia dia 27 de outubro nos EUA

Bilheterias da semana: "It - A Coisa" mantém liderança enquanto "Mãe!" fracassa nos EUA

Filme pode se tornar a maior bilheteria da história no gênero de horror

"Bingo - O Rei das Manhãs" é escolhido para representar o Brasil no Oscar 2018

Filme de Daniel Rezende se inspira na história real de um dos atores que interpretou o palhaço Bozo no Brasil

Reserva Cultural exibe filmes franceses sobre a Melhor Idade com café da manhã e preços baixos

Programação marca o último ciclo do ano do Cinéclub, projeto que acontece sempre no último domingo do mês

Estreias da semana: “Feito na América”, “As Duas Irenes” e mais 7 filmes

Novo horror ambientado na famosa casa de Amityville também é destaque

Clientes Claro e NET agora têm desconto nos cinemas Kinoplex; saiba mais!

Assinantes das operadoras pagam 50% do ingresso em qualquer filme, dia ou horário