Guia da Semana

Cineasta filma documentário sobre sua própria morte

Publicação: sexta, 03 de outubro de 2008

Gil Rosselini, filho adotivo do diretor Roberto Rosselini, faleceu na noite desta quinta-feira (02/10), após sofrer por quatro anos de uma grave infecção. Na época, em 2004, depois de passar três semanas em coma, o cineasta decidiu fazer um documentário sobre a evolução da doença.

Durante o período, ele filmou Kill Gil e Kill Gil 2. Quando morreu, o diretor estava se preparando para completar o terceiro da série, que seria apresentado no Festival de Roma, no final do mês. Mesmo com a morte do autor, o filme será exibido incompleto no evento, com o título de Kill Gil 2 e meio.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

20 Filmes que você vai querer ver nos cinemas em junho

"Mulher Maravilha", "A Múmia" e "Meu Malvado Favorito 3" estão entre os destaques do mês

Mostra itinerante exibe "Up - Altas Aventuras" e outros três filmes de graça em São Paulo

“Up – Altas Aventuras” e “O Sorriso de Monalisa” estão no cardápio do Cinemóvel Carrefour

Continuação de "Mamma Mia" é confirmada

Intitulado "Here We Go Again!", filme estreia em 2018

Shopping Eldorado recebe projeção com cenas inéditas de “Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar”

Quinto filme da franquia chega aos cinemas na próxima quinta-feira

Disney divulga calendário com lançamentos até 2021

Live action de “O Rei Leão” e quinto filme da franquia “Indiana Jones” ganham data de estreia

Em entrevista exclusiva, Zoey Deutch se diz encantada com os fãs brasileiros e revela que quer vir ao Brasil

Atriz estrela o filme “Antes que Eu Vá”, que chega aos cinemas nesta quinta-feira