Guia da Semana
Cinema
Por Juliana Varella

Crítica: “Beijei Uma Garota” aborda romance gay com clichês héteros

Comédia mostra um triângulo amoroso formado por um homem, seu noivo e sua amante.

Pio Marmaï e Lannick Gautry vivem um casal gay de casamento marcado (Divulgação)

Comédias românticas nunca caem muito longe da árvore. Se existe um padrão básico que funciona, afinal, por que arriscar? Pois é exatamente esse padrão, apesar das aparências, que segue a comédia “Beijei Uma Garota”, de Noémie Saglio e Maxime Govare, em cartaz até 17 de junho no Festival Varilux de Cinema Francês.

Pio Marmaï interpreta Jérémy, um homossexual prestes a se casar com Antoine (Lannick Gautry), que acorda depois de uma festa na cama com outra pessoa - no caso, a sueca Adna (Adrianna Gradziel). A infidelidade ocasional não o incomoda tanto quanto o fato de ela ser uma mulher, de esta ter sido sua primeira vez, e de ele ter se sentido genuinamente atraído por ela.

A ideia do gay em crise de sexualidade pode parecer interessante num primeiro momento, mas o desenrolar da história revela apenas mais uma variação da velha fórmula: noivo(a) pensa ser feliz num relacionamento sólido com uma pessoa séria (Antoine é médico), até encontrar alguém que é o oposto disso - irresponsável, criativo(a), que dirige mal e lhe mostra que a vida pode ser mais divertida com um pouco de música alta e montanhas-russas.

A repetição do clichê em si não seria um problema tão grande se Adna fosse uma personagem minimamente interessante. Sem muitas informações sobre seu passado e sem atitudes reveladoras (com exceção de um strip-tease na rua totalmente fora de contexto), fica difícil acreditar que ela, apenas com um sorriso bonito e olhos claros, poderia causar tamanha confusão no coração de Jérémy.

Além de Marmaï, destaca-se  Franck Gastambide no papel de Charles, sócio e melhor amigo heterossexual do protagonista. Seu personagem rende algumas risadas, mas é tão estereotipado quanto qualquer outro, representando o garanhão que só gosta de modelos, mas acaba se apaixonando pela intelectual “menos bonita”.

“Beijei Uma Garota” tem aquela pegada leve e “feel good” necessária às comédias românticas, mas falha ao tentar abordar um romance homossexual de forma tão convencional e, até paradoxalmente, tão hétero. O filme estreia nos cinemas no dia 30 de julho.


Por Juliana Varella

Atualizado em 31 Jul 2015.

Mais notícias

7 filmes do diretor David Lynch que você precisa assistir

Cinema

Os melhores filmes infantis de 2019... até agora

Cinema

10 filmes imperdíveis com alienígenas para quem gosta do gênero

Cinema

10 filmes europeus imperdíveis para assistir na Netflix

Cinema

"MIB: Homens de Preto - Internacional", "Dor e Glória" e mais quatro filmes estreiam nesta quinta (13); Confira:

Cinema

Dia dos Namorados? 8 filmes para cultivar o amor próprio

Cinema