Guia da Semana

Entre os palcos e as telas

Cantores tentam uma carreira paralela como atores

O ex-rapper Fresh Prince, Will Smith, e seu filho em À Procura da Felicidade

No novo filme de Nick Cassavetes, Alpha Dog, Justin Timberlake, ex-integrante da boy band N´Sync, interpreta o personagem Frankie, provando que pretende seguir em frente como ator. Começando sua carreira ainda na infância, quando apresentava o programa Clube do Mickey, o artista conheceu a fama com a banda em 1995, e seguiu com projeto solo, em 2002, com o fim do grupo. Em 2005, fez seu primeiro papel de destaque nos cinemas em Edison - Poder e Corrupção.

Antes mesmo de Justin nascer, outro ídolo da música já se aventurava pelo cinema. David Bowie começou a fazer pequenas participações como ator nos anos 60, em filmes experimentais, e não parou. Em 1976 protagonizou O Homem Que Caiu na Terra, mas seu papel mais marcante foi como o vilão da fantasia Labirinto, em 1986. Bowie atuou também, entre outros, em Furyo, A Última Tentação de Cristo, Basquiat e, recentemente, em O Grande Truque.

Outra cantora que também ganhou destaque pelos seus papéis no cinema foi Madonna, que, em 1984, gravava seu primeiro sucesso, Like a Virgin, e em 1985 estreava nas telas com Procura-se Susan Desesperadamente. Mesmo sendo uma estrela da música, Madonna sempre flerta com a sétima arte. Em sua lista de filmes estão Dick Tracy, Uma Equipe Muito Especial, Corpos em Evidência e Evita. Em 2000, casou com o cineasta inglês Guy Ritchie, com quem fez o fracasso Destino Insólito (foto).

A colega de Clube do Mickey e ex-namorada de Timberlake Britney Spears também arriscou uma carreira de atriz, mas depois de seu filme Crossroads - Amigas para Sempre não gerar um bom resultado, parece ter esquecido a idéia. Ao contrário de Mandy Moore, outra musa dos adolescentes, que depois de participar, em 2001, de Diário de uma Princesa, e de protagonizar, em 2002, Um Amor para Recordar, já fez mais de dez filmes.

Quem também quer seguir este caminho é Avril Lavigne. Em papeis menores, escolhe filmes mais alternativos, como Nação Fast Food, de Richard Linklater, em que estreou nas telas, em 2006, após ter feito uma dublagem em Os Sem-Floresta (foto). Este ano, a cantora já participou do thriller The Flock e anunciou mais uma filme, Twist of Fate, no papel que seria, a princípio, da própria Mandy Moore.

Estreando nas telas em 2007, a cantora de soul Alicia Keys, que já vendeu mais de 22 milhões de álbuns desde 2000, quis testar seu talento como atriz em A Última Cartada. Sem perder tempo, Alicia já terminou de filmar The Nanny Diaries, seu segundo filme. O rapper Common, que estreou no mesmo filme que Keys, também parece ter gostado. O cantor já tem programado o policial Night Watch e a adaptação de quadrinhos Wanted.

Um outro rapper talvez seja o caso mais notável de cantores que viraram atores. Muitos não sabem, mas Will Smith vivia como músico antes de se tornar astro do cinema. Conhecido nos anos 80 como Fresh Prince, ele aceitou o convite de atuar na televisão numa sátira da sua vida, The Fresh Prince of Bel Air, em 1990. Depois que tomou gosto pela nova profissão, atuou em Os Bad Boys, Independence Day, Homens de Preto e foi indicado ao Oscar por Ali e À Procura da Felicidade.

No Brasil, isto também acontece. Em 2002, Paulo Miklos, dos Titãs, recebeu elogios por sua participação em O Invasor (foto), tanto que foi convidado para atuar na novela Bang Bang, da TV Globo. Quem também seguiu este caminho, com menor alarde, foi a ex-vocalista da Banda Eva, Emanuelle Araújo, que participou do filme Ó Paí, Ó e da novela Pé na Jaca. Já Paulinho Moska, ex-Inimigos do Rei, participou de alguns filmes na década de 80, como Kuarup, e em 2003 voltou a atuar no longa O Homem do Ano.

Porém, o maior exemplo aqui é o do sambista Seu Jorge. Na ativa desde 1997, quando lançou seu primeiro CD com o grupo Farofa Carioca, ele nunca teve grande reconhecimento. Isto mudou quando ganhou o papel de Mané Galinha em Cidade de Deus, em 2002. O filme lhe deu tanta visibilidade que foi chamado para o longa americano A Vida Marinha com Steve Zissou. Depois disso, com a carreira como músico em ascensão, Seu Jorge fez Casa de Areia e está para lançar o inglês The Escapist e o espanhol Carmo.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

22 filmes para ver por até R$ 4 no Dia do Orgulho Nerd

"Batman: O Cavaleiro das Trevas" e "Harry Potter e as Relíquias da Morte" estão em cartaz por preços reduzidos

7 motivos para assistir ao novo “Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar”

Quinto filme da série chega aos cinemas nesta quinta-feira, 25 de maio

Filme "Extraordinário", com Julia Roberts e Jacob Tremblay, ganha trailer emocionante

Longa inspirado no best-seller de R.J. Palacio estreia em novembro

20 Filmes que você vai querer ver nos cinemas em junho

"Mulher Maravilha", "A Múmia" e "Meu Malvado Favorito 3" estão entre os destaques do mês

Mostra itinerante exibe "Up - Altas Aventuras" e outros três filmes de graça em São Paulo

“Up – Altas Aventuras” e “O Sorriso de Monalisa” estão no cardápio do Cinemóvel Carrefour

Continuação de "Mamma Mia" é confirmada

Intitulado "Here We Go Again!", filme estreia em 2018