Guia da Semana

Entrevista com Jason Statham

De Los Angeles


Sem grande estardalhaço, Jason Statham foi conquistando um público bastante fiel e constante: o pessoal que ama filmes de ação desenfreada, cheios de lutas e perseguições e sem muita preocupação de roteiro. A série Carga Explosiva e o hit Adrenalina que o digam, mas, justiça seja feita, ele se esforça em vários outros gêneros também e com bons resultados. Snatch - Porcos e Diamantes é um bom exemplo. Agora, esse londrino maluco deixa a agressividade um pouco de lado em Efeito Dominó, a melhor pedida entre as estréias da semana. Ele interpreta o líder de uma gangue amadora de ladrões que arma um dos maiores assaltos a banco da história da Inglaterra. E mostra que também sabe atuar sem ter que chutar, correr e chutar mais um pouco.

Nosso correspondente internacional conversou com o ator em Los Angeles, confira o bate-papo.

Fábio M. Barreto: Tudo é tão bem encaixado na história, que fica até difícil de acreditar que seja baseada em fatos reais. É tudo exatamente como aconteceu?
Jason Statham: Absolutamente! Os fatos foram assim: houve um assalto a um banco na Baker Street, em 1971, durante três dias, a imprensa massacrou o assunto, expondo detalhes, falando dos possíveis ladrões, etc; mas, no quarto dia, ninguém falou mais nada! Então, como o único meio de calar a imprensa com uma D Notice (instrumento governamental obrigatório que proíbe a publicação de um assunto em especial) só pode acontecer com a assinatura tanto do Primeiro Ministro quanto da Rainha, não precisa ser muito genial para notar que existia algo naquelas caixas de depósito que a Família Real não podia deixar que se tornasse público. Todo mundo sabe que muita gente influente do East End usava aquele banco. Além disso, havia um sujeito metido a político e líder revolucionário chamado Michael X, que estava claramente chantageando o governo com supostas fotos envolvendo a Família Real. Algumas coisas foram mudadas para dar ritmo, mas a história foi contada como aconteceu - pelo menos para o público.

E aquela cena de luta no final? Um pouco do toque de Hollywood para agradar a seu público fiel?
Jason Statham: Tô de saco cheio desse povo que fica me fazendo lutar! Eu fico p*** da vida com isso. (risos)

Foi como se você estivesse quase deixando seu lado "herói de ação" para trás e, de repente, no final, uma luta...
Jason Statham: Sabe o que me enche nisso tudo, na verdade? O que eles colocam na m**da do trailer! Qualquer movimento mais rápido que eu faça, ou uma corridinha, e pronto só vai aparecer isso no trailer. É uma droga ter que ser do jeito que Hollywood acha que eu tenho que aparecer. Eles tentam passar a idéia de um filme de ação para atrair o pessoal, mas é absolutamente o oposto do que é esse filme. Odeio isso, sério! Claro que tem um pouco de ação, já que claramente estamos falando de um mundo de violência e falsidade - são bandidos, oras - e, no final, a gente precisa se salvar, mas não é certo tentar transformar uma boa história como essa em um mero filme de ação, afinal, ele é muito mais do que isso.

Ah, por favor, não diga que tem planos de deixar os filmes de ação de lado!
Jason Statham: De maneira alguma! (risos) Estou indo fazer mais dois. Adoro filmes de ação! A razão que me faz encarar filmes fantásticos como Efeito Dominó é que posso ter contato com outro público, mais gente vai ver o meu trabalho. Em Carga Explosiva, por exemplo, o pessoal já conhece e vai prestigiar e, quem sabe, até mesmo eles são motivados a ver um gênero diferente. Sou muito agradecido aos filmes de ação. Devo tudo a eles!

E quais são esses dois filmes?
Jason Statham: Vamos começar a filmar Carga Explosiva 3. Fico na academia fazendo exercícios das seis da manhã até o meio-dia, todo dia! E, quando terminar, vou fazer Adrenalina 2. Duas continuações meio doidas.

Pode ser dito que seu personagem em Efeito Dominó é um "homem de família". Você gostou de trabalhar ao lado de crianças?
Jason Statham: Para ser sincero, essa foi uma das razões pelas quais eu gostei desse papel. Queria interagir com crianças e não passar o tempo todo batendo em gente. O diferencial aqui é que pude aprender mais e criar situações mais emocionais que as de costume. Crianças ajudam nesse processo, e muito.

Não dá para ser muito emotivo quando você precisa encher o outro sujeito de porrada, não?
Jason Statham: (risos). A única emoção que aqueles m***as sentem é isso! [mostrando o punho] (risos)

Algum dos ladrões ajudou no filme? Talvez como consultor?
Jason Statham: Conhecemos um deles, sim. Ele foi até o set de filmagens e jantou com o Roger Donaldson [director] e Steve Chasman [produtor]. Depois passou algumas horas comigo para me contar um pouco mais da história.

Foi ele a inspiração para seu personagem Terry?
Jason Statham: Bem, desde o início, garantimos que respeitaríamos a privacidade deles. Alguns foram para a prisão, outros não... então, não é bom falar sobre quem fez isso ou aquilo e o que fizemos com os personagens. Mas garanto que ele ajudou muito com alguns segredinhos! (risos)

Foto: Divulgação

Leia as entrevistas anteriores do nosso correspondente:

  • Emile Hirsch: Confira a conversa com o novo astro de Speed Racer

  • Miley Cyrus: Veja como foi o bate-papo com o furacão teen Hannah Montana

    Quem é o colunista: Fábio M. Barreto adora escrever, não dispensa uma noitada na frente do vídeo game e é apaixonado pela filha, Ariel. Entre suas esquisitices prediletas está o fanatismo por Guerra nas Estrelas e uma medalha de ouro como Campeão Paulista Universitário de Arco e Flecha.

    O que faz: Jornalista profissional há 12 anos, correspondente internacional em Los Angeles, crítico de cinema e vivendo o grande sonho de cobrir o mundo do entretenimento em Hollywood.

    Pecado gastronômico: Morango com Creme de Leite! Diretamente do Olimpo!

    Melhor lugar do Brasil: There´s no place like home. Onde quer que seja, nosso lar é sempre o melhor lugar.

  • Atualizado em 10 Abr 2012.

    Compartilhe

    Comentários

    Outras notícias recomendadas

    10 Filmes imperdíveis que estreiam nos cinemas em outubro de 2017

    Sequência de “Blade Runner” e novo filme de Kathryn Bigelow são destaques

    Bilheterias: Kingsman 2 supera It – A Coisa e tem abertura melhor que o longa original

    Filme chega ao Brasil na próxima quinta-feira, 28

    Mostra Internacional de Cinema de São Paulo revela pôster e primeiras atrações

    Vencedores da Palma de Ouro e do Festival de Toronto são destaques entre os filmes confirmados na programação

    Estreias da semana: "Mãe!", "Esta é a Sua Morte – O Show" e mais 6 filmes

    Suspense de Darren Aronofsky com Jennifer Lawrence promete dividir opiniões

    “Ensaio Sobre a Cegueira” tem sessão gratuita com debate no MIS

    Filme será acompanhado por bate-papo com historiadora

    Final da Copa do Brasil será exibida nos cinemas

    Rede Cinemark transmite o jogo ao vivo no dia 27 de setembro