Guia da Semana
Cinema
Por Juliana Varella

“Lascados”: road movie brasileiro percorre o litoral sob o clima dos anos 90

Chay Suede e Paloma Bernardes estão no filme, voltado para o público infanto-juvenil.

Aventureiros viajam a bordo de uma Kombi de cachorro-quente (Divulgação)

Os anos 90 tiveram seu charme. Numa mesma década, conviveram o movimento grunge, o misticismo dos chupa-cabras e extra-terrestres e o início da era digital. Mas os adolescentes de lá eram os mesmos de cá: despreocupados com a faculdade, ligados uns aos outros como irmãos, apegados aos seus violões e sempre sonhando com um Carnaval longe dos pais e cheio de garotas.

É essa lembrança doce da juventude que o diretor Vitor Mafra (ex-MTV) leva à tela em seu longa de estreia, “Lascados”, que chega aos cinemas no dia 18 de setembro. Chay Suede, novo queridinho das noveleiras, Paulo Vilela, José Trassi e Paloma Bernardi encabeçam o elenco.

Os três garotos são Felipe, Deco e Burunga, paulistanos que acabaram de passar na faculdade (ou não) e que se reúnem no bairro da Moóca, onde a família de um deles tem uma pizzaria. Se a Moóca e a pizza já soaram bastante típicos para você, espere até ouvir os sotaques (Suede é capixaba; Vilela é  paulista, mas morou sete anos no Rio; Trassi é paulista, mas exagera nos “meus” para caracterizar ainda mais o personagem).

Tudo o que eles querem é passar o Carnaval em algum lugar emocionante, por isso decidem ir a Salvador, a bordo de uma Kombi de cachorro-quente. Se eles chegam ao destino ou não, é o de menos: como em qualquer road-movie, “Lascados” se concentra na jornada e em todas as pequenas aventuras que eles encontram no caminho. Essas aventuras dão ao filme uma cara de hit infanto-juvenil daqueles mesmos anos 90 – mas será preciso esperar para ver se cola entre as crianças de hoje.

A proposta é interessante e os eventos lembram aquelas histórias que todo pré-adolescente sonha em ter para contar. Os meninos encontram dois policiais corruptos, um borracheiro assassino, um bruxo, uma delegada durona e uma garota (Bernardes) sedutora, fugitiva e compulsivamente mentirosa.

O papel de Paloma é, talvez, o único elemento que foge do tom infantil do filme. Não há cenas pesadas e a linguagem é bastante limpa (exceto pela palavra “puta”, dita várias vezes com o sentido de “baita” ou “muita”), mas há uma ideia forte de que a “garota caipira” seja um brinquedo sexual nas mãos dos três, e de que ela consiga tudo o que quer por meio da sensualidade. Duas décadas atrás, isso não seria nenhum problema, mas hoje parece um retrocesso mostrar a mulher dessa forma.

Entre praias e festas de rua, “Lascados” conquista a simpatia do público com um clima alto-astral e despretensioso. De quebra, ainda mostra uma região pouco explorada pelo cinema (o Espírito Santo), cumprindo a promessa de viajar de verdade: no tempo e no espaço.

Assista se você:

  • Gosta de road movies
  • Quer ver um filme leve
  • Foi jovem nos anos 90

Não assista se você:

  • Não gosta de road movies
  • Não quer ver um filme com humor infantil
  • Quer fugir de estereótipos

Por Juliana Varella

Atualizado em 19 Set 2014.

Mais notícias

"Toy Story 4", "Casal Improvável" e mais quatro filmes estreiam nesta quinta-feira (20) nos cinemas; Confira!

Cinema

O homem e a máquina: 10 filmes que têm a interação como temática

Cinema

7 filmes do diretor David Lynch que você precisa assistir

Cinema

Os melhores filmes infantis de 2019... até agora

Cinema

10 filmes imperdíveis com alienígenas para quem gosta do gênero

Cinema

10 filmes europeus imperdíveis para assistir na Netflix

Cinema