Guia da Semana

Mau ele é melhor ainda!



Kiefer Sutherland. No momento o moço encarna o nada politicamente correto agente federal Jack Bauer em 24 Horas, mas desde quando esse moço faz personagens politicamente corretos? Pois é: desde nunca. Recapitulando: ele já foi vampiro juvenil, médico obcecado com a morte, delinqüente e irmão mais velho insuportável, irmão insuportável 2 com doença terminal, maluco que abandona toda a carreira pra se dedicar a pintura, sniper sádico na vida do Colin Farrell, membro da KKK e por aí vai.

Antes que eu leve um puxão de orelha, sim ele foi mosqueteiro também, mas, cá entre nós: Kiefer quando é bom é muito bom, mas quando é mau: ai, que delícia.

Assim, foi com certa reserva que soube da estréia de Sentinela no cinema. Tanta reserva que, contrariando minha tara cinematográfica, resolvi esperar chegar em DVD para conferir e dei graças a Deus: não gastei 10 reais pra ver esse lixo na tela grande. Que filme péssimo! Previsibilíssimo, chato, sonolento... fora que na minha concepção essa fórmula de contar as agruras de membros do serviço secreto já deu o que tinha que dar e faz tempo.

Na história, Michael Douglas é Pete Garrison um membro do serviço secreto velho de guerra que, de uma hora pra outra, vê sua vida virar de ponta cabeça quando é acusado injustamente da morte de um companheiro de profissão. Kiefer é a) o agente encarregado de resolver o imbróglio, b) o melhor amigo de Michael até o dia que ele descobriu que... c) uma chato de galocha, d) todas as anteriores. Já sabe como acaba né, não? Presença de Eva Longoria de Deseperate Housewifes. Céus!

Quer ver coisa melhor? Alugue Assassino de Aluguel e veja Kiefer numa atuação bem mais interessante.

Fotos: Divulgação

Leia as colunas anteriores da Carol:
? Cinéfila de plantão: Colecionadora de DVDs dá suas dicas!

? Coadjuvantes indispensáveis: O que seriam de alguns personagens sem seus pares?

Quem é o colunista: Maria Carolina Marzagão Jimenez ( por alcunha, Carol) estuda, lê, escreve, ouve música e fala, tudo em proporções inimagináveis.

O que faz: é advogada, blogólotra, cinéfila, fotógrafa e mais um monte de coisas que nem ela sabe.

Pecado gastronômico: pipoca com manteiga (muuuuuuuita pipoca).

Melhor lugar de São Paulo: meu quarto, que, além dos amigos, tem meus discos, meus livros, meus filmes, minha gata, meu violão, eu, e nada mais.

Fale com ela: mariacar.tln@terra.com.br

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

6 filmes com mais de 10 anos que continuam sendo atuais

Confira longas que, apesar de antigos, fazem sentido e nos ensinam até os dias de hoje

6 filmes para não assistir na Netflix

Confira títulos para passar bem longe

17 filmes que abordam assuntos polêmicos e necessários que você precisa assistir

Confira longas que tratam de temas como aborto, drogas, preconceito, maternidade e muito mais

10 filmes não clichês sobre relacionamentos que você precisa assistir

Confira longas que falam sobre o amor real e saem do senso comum

'Deadpool 2', 'O Processo' e mais seis filmes que estreiam nesta quinta-feira (17) nos cinemas; confira!

Longa adaptação da HQ criada pela Marvel Comics já é destaque e divide espaço com produções brasileiras

13 filmes que confundem a mente

Confira alguns longas que, com maestria, nos convidam a sair da zona de conforto