Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

5 motivos para ver "Maze Runner: A Cura Mortal"

Terceiro e último filme da saga chega aos cinemas no dia 25 de janeiro.

Dylan O'Brien retorna ao papel de Thomas após sofrer um acidente durante as gravações (Foto: Divulgação)

Finalmente, a espera acabou e os fãs poderão conhecer o destino de Thomas, Teresa e todos os outros Gladers em “Maze Runner: A Cura Mortal”. O filme, terceiro na trilogia inspirada nos livros de James Dashner, estreia no dia 25 de janeiro, depois de ser adiado devido a um acidente grave envolvendo o ator protagonista. Se você ainda está em dúvida se compra ou não seu ingresso, confira 5 motivos para assistir ao desfecho desta saga:

 

1. Descobrir o fim da história

“A Cura Mortal” encerra a trilogia iniciada em 2014 nos cinemas e, depois de acompanhar Thomas e seus amigos escapando do labirinto, enfrentando traições e descobrindo que são cobaias na busca pela cura de um vírus que dizimou a humanidade, é hora de saber se a cura, algum dia, será encontrada, e se a guerra chegará ao fim.

 

2. Rever personagens queridos (e outros, nem tanto)

Já faz três anos que o segundo episódio da saga chegou aos cinemas (o terceiro foi adiado devido a um acidente com o ator Dylan O’Brien) e os fãs não veem a hora de reencontrar seus personagens favoritos. Com a estreia de “A Cura Mortal”, você poderá shippar o casal Thomas-Teresa por mais alguns minutos e até terá a chance de rever alguém que não aparecia há muito tempo...

 

3. Novos cenários

Se o primeiro filme era ambientado num labirinto e o segundo, no deserto, o terceiro coloca os heróis dentro de uma cidade moderna, que resiste ao apocalipse com muros de contenção. Como eles se comportarão num ambiente tão civilizado? E como será que é a vida numa cidade comum, quando a própria sobrevivência da humanidade está em risco?

 

4. Sequências mirabolantes de ação

Desde a sequência de abertura, “Maze Runner: A Cura Mortal” mostra que sua maior vocação é para a ação. Nela, como em diversos outros momentos, os personagens desenvolvem planos mirabolantes que dependem do timing exato de seus participantes e da antecipação dos movimentos dos seus inimigos. O resultado são trocas de tiros bem coreografadas, saltos quase suicidas, fugas impossíveis e a certeza de que alguém sempre aparecerá na hora H com um avião ou um carro para salvar o dia.

 

5. Final alternativo

Se você já leu os livros e acha que sabe tudo sobre “Maze Runner”, pense duas vezes: “A Cura Mortal” escolhe caminhos bem diferentes da obra original e deve surpreender os fãs. Porém, mais do que “brigar” com a visão de James Dashner, o filme de Wes Ball funciona como um “final alternativo”, mais coerente com o que os filmes mostraram até agora e, talvez, mais satisfatório.

12 livros para ler antes que as adaptações cheguem aos cinemas

De “Maze Runner – A Cura Mortal” a “Aniquilação”, confira uma leitura para cada mês do ano

25 sequências que você vai ver nos cinemas em 2018

De “Cinquenta Tons de Cinza” a “Mary Poppins”, conheça os filmes que ganharão continuações no próximo ano

15 sagas incríveis para maratonar no final de semana

Uma seleção de histórias longas para quem não se contenta com um filme só


Atualizado em 18 Jan 2018.

Mais notícias

10 filmes com Philip Seymour Hoffman que você deveria assistir

Cinema

"Em Chamas", "O Quebra-Cabeça" e mais três filmes estreiam nesta quinta (15); Confira:

Cinema

Disney Pixar divulga teaser trailer de "Toy Story 4"; assista!

Cinema

21 filmes com heróis de Stan Lee que você precisa assistir o quanto antes

Cinema

10 filmes que você precisa assistir na Netflix até o final do ano

Cinema

9 filmes imperdíveis com o ator Eddie Redmayne para assistir hoje mesmo

Cinema