Guia da Semana

“O Conselheiro do Crime” reúne elenco estelar em trama inacabada

Ridley Scott leva aos cinemas história de crimes e traições encabeçada por Michael Fassbender.

Mais uma vez, Ridley Scott priorizou o elenco ao roteiro em seu novo filme O Conselheiro do Crime, que chega aos cinemas mundiais nesta sexta-feira, 25 de outubro. O longa, que aposta numa trama cheia de perigos, traições e tragédias, estampa os nomes de Michael Fassbender, Brad Pitt, Javier Bardem, Cameron Diaz e Penélope Cruz, mas nem isso segura o roteiro confuso assinado pelo romancista Cormac McCarthy.

+ Confira salas e horários para assistir ao filme
+ Entenda a evolução da carreira de Ridley Scott
+ Conheça os atores que mais faturaram com seus filmes

Responsável, entre outros, pelo livro que deu origem ao oscarizado Onde Os Fracos Não Têm Vez, McCarthy marca em “Conselheiro” sua estreia como roteirista de cinema. Cá entre nós, algo parece ter saído errado entre o roteiro e a edição final.

Fassbender interpreta um Conselheiro (sem nome) que procura o milionário Reiner (Bardem) para entrar num novo negócio – que nunca ficamos sabendo exatamente o que é. Em inglês, “conselheiro” é sinônimo de advogado, mas em português o título perde o sentido, o que é apenas o primeiro dos problemas que o espectador terá que enfrentar.

Percebemos que o protagonista está endividado e entra na sociedade pelo dinheiro, mas qual seria sua função? Há caminhões com corpos escondidos em latões, leopardos, boates no meio do deserto e até um aparelho decapitador de última geração – mas tudo isso para quê? A impressão que se tem é a de que Scott se preocupou em criar cenas impactantes, mas acabou cortando elementos essenciais que amarrariam a história.

Ao lado de Fassbender está a ingênua (e, pela primeira vez nas telas, insossa) Penélope Cruz, interpretando sua noiva Laura. Já ao lado de Bardem está uma versão ninfomaníaca, manipuladora e sociopata de Cameron Diaz, chamada Malkina. Sua personagem é a mais interessante do filme, mas suas motivações permanecem um mistério do começo ao fim.

Brad Pitt também dá as caras como um cowboy do tráfico, ele sim servindo de conselheiro para o personagem de Fassbender. Sua presença, porém, não consegue salvar nem o Conselheiro nem o público de um enorme ponto de interrogação, que persiste por horas após o fim da sessão.

Assista se você:

- Quer ver cenas de violência e acrobacias sexuais bizarras

- Gostou dos filmes mais recentes de Ridley Scott

Não assista se você

- Espera ver uma história coerente, com peças que se completam no final

- Procura um filme de ação empolgante

Atualizado em 25 Out 2013.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Entrevista: Dylan O’Brien fala sobre seu primeiro papel nos cinemas após acidente em 2016

“O Assassino: O Primeiro Alvo” chega aos cinemas nesta quinta, 21 de setembro

"All I See is You", drama com Blake Lively, ganha primeiro trailer; assista!

Longa estreia dia 27 de outubro nos EUA

Bilheterias da semana: "It - A Coisa" mantém liderança enquanto "Mãe!" fracassa nos EUA

Filme pode se tornar a maior bilheteria da história no gênero de horror

"Bingo - O Rei das Manhãs" é escolhido para representar o Brasil no Oscar 2018

Filme de Daniel Rezende se inspira na história real de um dos atores que interpretou o palhaço Bozo no Brasil

Reserva Cultural exibe filmes franceses sobre a Melhor Idade com café da manhã e preços baixos

Programação marca o último ciclo do ano do Cinéclub, projeto que acontece sempre no último domingo do mês

Estreias da semana: “Feito na América”, “As Duas Irenes” e mais 7 filmes

Novo horror ambientado na famosa casa de Amityville também é destaque