Guia da Semana

Um brinde à animação

Saiba como é o mercado nacional de animação e os eventos que marcam o dia mundial do gênero

Divulgação
Curta nacional Leonel Pé-de-Vento, de Jair Giacomini, integra evento de comemoração à data

Quem acredita que animações de um passado remoto, como Branca de Neve e os Sete Anões (1937), que teve cerca de dois milhões de ilustrações produzidas de forma artesanal, foram o ponto de partida do gênero pode acreditar: no século XIX os primeiros experimentos nesta atividade começavam a aparecer. A história da animação começou oficialmente em 28 de outubro de 1892, quando Emile Reynaud apresentou, três anos antes dos irmãos Lumiére, no Museu Grevin, em Paris, a primeira projeção de seu teatro óptico. A demonstração é considerada o início do desenho animado no mundo.

Como forma de tributo, a data foi instituída como Dia Internacional da Animação. Difícil é imaginar métodos arcaicos de construir estes longas, em tempos em que é possível ver imagens digitalmente construídas que parecem reais nas telonas. Filmes como Madagascar, Shrek, Expresso Polar e muitos outros são exemplos.

Guilherme Alvernaz (foto), diretor de animação da produtora Oca Filmes, explica que a animação sempre contou com um processo artesanal de produção e isso não difere muito hoje em dia. Mudaram sim as ferramentas que o animador utiliza para a produção de seus filmes. "O lápis e o papel continuam coexistindo com o computador, bem como a massa de modelar o recorte e qualquer outra técnica utilizada na produção. Atualmente o computador entrou tanto como um complemento nessas técnicas como quanto ferramenta básica em uma nova técnica de animação que é a animação em 3D, ou CGI", completa.

TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO
3D ou CGI - é a animação produzida diretamente no computador, que simula um ambiente tridimensional com luzes, sombras e texturas próximas do real.

2D - é a animação com lápis e papel, também chamada de animação tradicional, uma vez que é a técnica mais difundida e conhecida. Aqui cada pose do personagem é desenhada separadamente em uma seqüência lógica que, quando projetada em uma determinada velocidade (24 quadros por segundo), dá a impressão de movimento. Mas o termo 2D hoje em dia engloba toda animação feita em duas dimensões, como as executadas em flash por exemplo.

Stop motion - é a animação feita com objetos reais, sejam bonecos de massinha ou qualquer outro objeto fotografado quadro a quadro.

Motion capture - não é exatamente uma técnica de animação. Consiste na captura dos movimentos reais de um ator e na transposição desses movimentos para um personagem em 3D. É mais como um suporte para o desenvolvimento da animação.

Cutout - é a animação feita de recorte de papel seguindo a mesma técnica do 2D e do stop motion. Hoje em dia existem vários softwares que simulam essa técnica.

Fonte: Guilherme Alvernaz, diretor de animação


Animação no Brasil

Mesmo com uma produção muito tímida em relação aos Estados Unidos, por exemplo, a animação brasileira está em expansão e tem motivos para comemorar o dia. Enquanto no exterior a técnica completou 115 anos, por aqui contabiliza uma história que começou há nove décadas. Segundo dados da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA), a animação brasileira conta com um total de 19 filmes, sendo que quatro foram feitos no ano passado, entre eles Brichos, que já estreou nos cinemas, e Garoto Cósmico (foto), que ainda não tem data definida para lançamento.

"A região que mais produz animações é a Sudeste, incluindo curtas, longas, séries e publicidade. Estima-se que atualmente em torno de 100 produtoras de animação atuam no mercado brasileiro", informa o diretor de animação Andrés Lieban. Ele ainda comenta que atualmente há 20 filmes em fase de produção e pré-produção no Brasil e se alivia com a entrada no país num mercado que movimenta algo em torno de US$ 90 milhões no mundo.

O movimento do mercado estimula também a comemoração da data. Este ano, o Dia Internacional da Animação contará com uma mostra de curtas brasileiros e estrangeiros que acontecerá simultaneamente em 50 cidades brasileiras, às 19h, do dia 28/10. Para se ter uma idéia, quatro anos atrás, quando a data entrou para o calendário nacional, um pequeno evento foi feito no Sesc Vila Madalena, em São Paulo. Os dois anos seguintes contaram com celebrações e quatro e 19 cidades, respectivamente.

Luciana Druzina, Diretora de Eventos ABCA e Coordenadora Nacional do Dia Internacional da Animação, afirma que a expectativa de público é de 40 mil pessoas. No mundo, a data contará com eventos em 51 países, muitos dos quais receberão curtas brasileiros por meio de um intercâmbio de produções.

Confira a programação completa do Dia Mundial da Animação em www.abca.org.br/dia

Animações que vem aí!*
Ta Dando Onda - 26 de outubro

Deu a Louca na Cinderela - 15 de novembro

A Lenda de Beowulf - 30 de novembro

Bee Movie - A Históra de uma Abelha - 7 de dezembro

Meu Monstro de Estimação - 1º de fevereiro de 2008

Wall-E - 27 de junho de 2008

*Datas sujeitas a alteração

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

22 filmes para ver por até R$ 4 no Dia do Orgulho Nerd

"Batman: O Cavaleiro das Trevas" e "Harry Potter e as Relíquias da Morte" estão em cartaz por preços reduzidos

7 motivos para assistir ao novo “Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar”

Quinto filme da série chega aos cinemas nesta quinta-feira, 25 de maio

Filme "Extraordinário", com Julia Roberts e Jacob Tremblay, ganha trailer emocionante

Longa inspirado no best-seller de R.J. Palacio estreia em novembro

20 Filmes que você vai querer ver nos cinemas em junho

"Mulher Maravilha", "A Múmia" e "Meu Malvado Favorito 3" estão entre os destaques do mês

Mostra itinerante exibe "Up - Altas Aventuras" e outros três filmes de graça em São Paulo

“Up – Altas Aventuras” e “O Sorriso de Monalisa” estão no cardápio do Cinemóvel Carrefour

Continuação de "Mamma Mia" é confirmada

Intitulado "Here We Go Again!", filme estreia em 2018