Guia da Semana

Universal Studios: 100 anos de história

O estúdio mais antigo de Hollywood completa um século de existência e o Guia da Semana relembra os principais momentos da Universal.

Em 30 de abril de 1912, Carl Laemmle registrava em Nova York a marca Universal Film Manufacturing, mas foi em 8 de junho que um dos nomes mais conhecidos do meio cinematográfico foi utilizado pela primeira vez. Foi esta a data escolhida para comemorar os 100 anos do UNIVERSAL STUDIOS, o primeiro estúdio de Hollywood a completar um século de existência.

Responsável pelo lançamento de atores como Elizabeth Taylor, Rodolfo Valentino e Wallace Reid e lar de diretores renomados como Alfred Hitchcock, Steven Spielberg e Spike Lee, a Universal ajudou a construir a história do cinema, criando filmes que emocionam o público, enriquecem a cultura cinematográfica e marcam gerações.

Quem nunca ouviu falar de E.T. - O Extraterrestre ou não consegue visualizar a cena do chuveiro ao ouvir a palavra Psicose? A geração dos anos 1990 com certeza se assustou e ficou maravilhada com os dinossauros de Jurassic Park, filme que está entre os maiores sucessos financeiros da do estúdio centenário. Isso sem falar das séries Tubarão, De Volta Para o Futuro, Velozes e Furiosos, American Pie e muitas outras que saíram dos estdios da Universal e rodaram o mundo.

Pensando nos grandes sucessos e dividindo a comemoração dos 100 anos de Universal com os cinéfilos, o estúdio relança em 2012 mais de dez títulos que marcaram época. O primeiro filme que voltou às prateleiras totalmente restaurado em versão comemorativa foi O Sol É Para Todos, longa de Robert Mulligan que completa 50 anos. Outro aniversariante relançado é E.T. - O Extra Terrestre, clássico de Spielberg, que comemora 30 anos.

Entre os relançamentos comemorativos ainda estão Sem Novidade no Front (1930), assinado por Lewis Milestone, que rendeu o primeiro Oscar ao estúdio; Frankenstein (1931), de James Whale; Drácula (1931), de Tod Browning; Golpe de Mestre (1974), de George Roy Hill; Tubarão (1975), de Steven Spielberg; Entre Dois Amores (1985), de Sydney Pollack; A Lista de Schindler (1993), de Steven Spielberg, entre outros.

Já deu para perceber a dimensão e importância do Universal Studios para a história do cinema. Como fica difícil falar de tudo o que aconteceu nestes 100 anos de história, o Guia da Semana selecionou cinco momentos importantes para o estúdio. Confira!

TRAFFIC IN SOULS: A ESTREIA

Em 1913 era lançado Traffic in Souls. O drama dirigido por George Loane Tucker foi considerado o primeiro longa-metragem oficialmente lançado pelos estúdios Universal.

A estreia foi polêmica, já que o filme coloca o dedo na ferida ao falar sobre o tráfico de escravas brancas. Com um orçamento de pouco mais de US$ 5 mil, o longa faturou quase US$ 500 mil.

A CASA DOS MONSTROS


A partir de 1920, os estúdios da Universal lançaram diversos montros que fizeram muito sucesso nos cinemas. Devido à grande repercussão dos filmes de terror e horror lançados na época, ganhou o apelido de "Casa dos Monstros".

Entre os monstruosos da época estão O Fantasma da Ópera (1925), Drácula (1931), Frankenstein (1931), A Múmia (1932), A Noiva de Frankenstein (1935), O Homem Invisível (1933), O Corcunda de Notre Dame (1939), O Lobisomen (1941) e O Monstro da Lagoa Negra (1954). 

ALFRED HITCHCOCK


Mestre dos filmes de suspense, Alfred Hitchcock é um dos grandes diretores que lançaram sucessos pela Universal Pictures.

Na lista estão os inesquecíveis Um Corpo que Cai (1958), Psicose (1960) e Os Pássaros (1963).

NEW HOLLYWOOD


Na década de 1970, os estúdios da Universal lançaram o então jovem Steven Spielberg, diretor que mais tarde se tornaria o mais rentável de Hollywood com E.T. - O Extraterrestre - filme de 1982 que faturou cerca de US$ 800 milhões - e Jurassic Park - de 1993 que faturou mais de US$ 900 milhões. 

DEPOIS DOS 100

Como parte das comemorações, também foi lançado um site interativo, onde é possível assistir a trechos dos filmes que levam a marca Universal, além de uma logomarca comemorativa e um vídeo que apresenta a evolução do símbolo do estúdio ao longo dos anos.

Em 2012, a tradicional imagem do globo terrestre ainda vai aparecer várias vezes ates do início dos filmes. Alem de O Lorax, American Pie: O Reencontro, Battleship - A Batalha dos Mares e A Branca de Neve e o Caçador - títulos que chegaram aos cinemas este ano com a marca do estúdio centenário -, ainda estão previstas outras estreias pela Universal. Conheça:

>> O Que Esperar Quando Você Está Esperando (3 de agosto)

>> Ted (5 de agosto)

>> Selvagens (19 de agosto)

>> O Legado Bourne (24 de agosto)

>> Para Norman (7 de setembro)

>> Cinco Anos de Noivado (21 de setembro)

Atualizado em 15 Jun 2012.

Por Mariana Viola
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Entrevista: Dylan O’Brien fala sobre seu primeiro papel nos cinemas após acidente em 2016

“O Assassino: O Primeiro Alvo” chega aos cinemas nesta quinta, 21 de setembro

"All I See is You", drama com Blake Lively, ganha primeiro trailer; assista!

Longa estreia dia 27 de outubro nos EUA

Bilheterias da semana: "It - A Coisa" mantém liderança enquanto "Mãe!" fracassa nos EUA

Filme pode se tornar a maior bilheteria da história no gênero de horror

"Bingo - O Rei das Manhãs" é escolhido para representar o Brasil no Oscar 2018

Filme de Daniel Rezende se inspira na história real de um dos atores que interpretou o palhaço Bozo no Brasil

Reserva Cultural exibe filmes franceses sobre a Melhor Idade com café da manhã e preços baixos

Programação marca o último ciclo do ano do Cinéclub, projeto que acontece sempre no último domingo do mês

Estreias da semana: “Feito na América”, “As Duas Irenes” e mais 7 filmes

Novo horror ambientado na famosa casa de Amityville também é destaque