Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Vilões, ah, os vilões...


Vilões. Em tempos de Renan Calheiros, fica complicado a gente escolher um cara pra ser melhor achincalhado entre TODOS aqueles que pertencem ao nosso distinto Senado Federal, mas vocês me conhecem: eu adoro um desafio.Tanto adoro que passei a semana pensando em quais seriam os vilões mais interessantes da história do cinema. Comecemos.

O mais antigo vilão que me lembro não tem rosto: é o assassino da mãe do Bambi.Quem não fez parte da horda de revoltados que quis entrar na tela do cinema e encher o desgraçado de catiripapo? E nem precisava ser ecologista. Num mesmo vilão, Walt Disney conseguiu fundir dois medos enormes que todos temos, quais sejam: perder nossa mãe de forma tão prematura e, o pior, nunca descobrir quem matou.

Parece que perto desse, já dizia aquela famosa propaganda, qualquer outro vilão não tem comparação, mas tem sim. E a madrasta da Branca De Neve? Credo, que mulher horrível: fez a enteada de empregada, mandou que um caçador a matasse, baniu a coitadinha pros confins do reino e, não satisfeita, ainda faz a coitada comer uma maçã envenenada. Vê bem se eu agüento isso.

Imagino que você deva estar pensando "mas Carol, nesses desenhos os maus são punidos, os bons recompensados e tudo acaba como naquele romances Sabrina, Júlia e Bianca que metade das minha amigas leu e outra metade diz que não, mas leu também. Que graça tem?" E vocês têm absoluta razão meus caros. Os vilões são a melhor parte de um filme justamente porque santos são excessivamente tediosos. Assim, ressalvados os casos acima, façamos uma lista dos 10 vilões pra quem eu abertamente torci nos filmes:

10) Tubarão - o enorme Tubarão branco que causou pânico em todo mundo e que fez muito marmanjo não querer nem tomar banho de banheira por um bom tempo. Eu confesso: depois que ele foi morto me senti tããããão deprimida. Tadinho do bichinho, afinal todo mundo precisa comer.

9) Damien - o filho do coisa ruim, do sete pele, do tinhoso, do lúcifer, do demo. Faz jus ao título "por fora bela viola, por dentro pão bolorento". Mas dá-lhe imaginação pra matar, hein?

8) Cujo - vem cá totó, vem. Depois de ter sido mordido por um morcego, um simpático São Bernardo faz mãe e filho de reféns dentro de um carro. E a culpa é do cachorro? Por que não vacinou o bicho?

7) Alien - um dos maiores, senão o maior de todos os guerreiros. Deixa Exterminador e Predador no chinelo. A primeira aparição desse bicho, saído diretamente das entranhas de John Hurt, é algo pra ficar na memória e no estômago. Arch...

6) Enfermeira Hatcher - mais uma vítima do acaso. Ela só estava fazendo o trabalho dela. Tudo bem que o trabalho dela era deixar o pessoal do manicômio mais doido ainda, mas o serviço sujo tem que ser feito por alguém.

5) Todo o elenco de Os Bons Companheiros - se você não viu esse filme, alugue. Duvido que você não torça para todos os membros da coisa nostra, que tinham muito mais empatia do que qualquer Família Soprano.

4) Lex Luthor - falo do personagem feito por Gene Hackman. Aquele era pra casar: dos planos mirabolantes às frases de efeito, um mais deliciosos vilões que tive o prazer de ver.

3) a Morte - não estou falando do Brad Pitt em Encontro Marcado. Falo da Morte que está presente no primeiro filme da série Premonição e, que, ludibriada, volta pra pegar todo mundo que não embarcou na primeira viagem.

2) Kayser Soze: quero ver alguém aí levantar a mão e dizer que não vibrou, quando descobriu quem era o homem por trás do mito.

1) Dr. Hannibal Lecter - este dispensaria comentários, mas eu não me agüento. Charmoso, interessante, inteligente e ainda tem sotaque britânico. Ah, gente, o único problema é o homem ser canibal, mas nada que não se possa contornar.

Sei que corro um risco enorme ao só citar dez nomes,mas deixo por conta de vocês completar o rol. Buuuuuuuu!

Fotos: www.sxc.hu e Divulgação

Leia as colunas anteriores da Carol:
  • Pais: Conheça os pais solteiros da ficção!

  • Mau ele é melhor ainda: Kiefer Sutherland fica melhor ainda no papel de bandido

  • Coadjuvantes indispensáveis: O que seriam de alguns personagens sem seus pares?

    Quem é o colunista: Maria Carolina Marzagão Jimenez ( por alcunha, Carol) estuda, lê, escreve, ouve música e fala, tudo em proporções inimagináveis.

    O que faz: é advogada, blogólotra, cinéfila, fotógrafa e mais um monte de coisas que nem ela sabe.

    Pecado gastronômico: pipoca com manteiga (muuuuuuuita pipoca).

    Melhor lugar de São Paulo: meu quarto, que, além dos amigos, tem meus discos, meus livros, meus filmes, minha gata, meu violão, eu, e nada mais.

    Fale com ela: [email protected]

  • Atualizado em 6 Set 2011.

    Mais notícias

    Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

    Cinema

    Resenha: 'En las estrellas'

    Cinema

    Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

    Cinema

    Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

    Cinema

    10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

    Cinema

    Mostras de cinema gratuitas e online para conferir em fevereiro

    Cinema