Guia da Semana

Guia da Semana

Na França, a investigação de uma juíza (Isabelle Huppert) sobre casos de corrupção, que envolviam uma multinacional do país e alguns governos africanos, foi bem mais longe do que ela inicialmente supunha. Acabou por se transformar em um escândalo político nacional, que contou com a participação de ministros do governo francês e revelou uma trama na qual o dinheiro público foi usado para benefícios pessoais.

Durante as investigações, a juíza sente-se cada vez mais poderosa e ordena a prisão de vários integrantes da rede criminosa. Os governantes, por sua vez, lidam com o episódio da forma mais cínica possível. A Comédia do Poder mostra como as artimanhas políticas podem levar a um estágio em que ser desmascarado é apenas uma parte do espetáculo.

O filme marca o retorno do diretor Claude Chabrol e foi baseado no caso que envolveu a empresa petrolífera ELF e o governo da França, ainda nos anos 90. No longa-metragem, a empresa é chamada de FMG, ou seja, as três letras seguintes no alfabeto. Foi indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim, no qual teve sessões bastante concorridas.

A Comédia do Poder

Diretor: Claude Chabrol

País de origem: FRA

Ano de produção: 2006