Guia da Semana

Guia da Semana

Um homem (Selton Melo) e uma mulher (Alessandra Negrini) se conhecem durante uma visita a um cemitério. Como ela acaba de sair da prisão e seu pai está morto, ele se dispõe a cuidar dela para sempre. Morando juntos, os dois vão se conhecendo e conhecendo a cidade do Rio de Janeiro. Obcecado por registros, ele passa dias ditando definições que ela escreve em cadernos sobre diversos aspectos brasileiros, da geologia, biologia, história, mitologia, etc. Dentre as descrições está A Erva do Rato, um veneno perigoso capaz de matar rapidamente, e que tem seu antídoto apenas na própria planta.

Com o passar do tempo, a rotina do casal vai das anotações para sessões de fotografia. Inicialmente com poses comportadas, as fotos vão ficando cada vez mais picantes, até que o homem passa a registrar em closes o corpo nu da mulher. Tudo vai bem até que um rato começa a roer as fotografias. Enquanto o fotógrafo não se conforma com o ato do animal, a modelo parece sentir um prazer com toda a história. Se sentindo afrontado pela presença do rato na residência, o homem fará de tudo para se vingar e poder seguir sua rotina normalmente.

A Erva do Rato é a segunda produção seguida em que o diretor Júlio Bressane trabalha com a atriz Alessandra Negrini. Antes, os dois fizeram Cleópatra, que causou grande polêmica por onde foi exibido. O filme foi livremente inspirado em dois contos de Machado de Assis, A Causa Secreta e Um Esqueleto. O diretor afirma que dos textos tirou apenas os medos de ratos e de esqueletos, de acordo com ele, as únicas duas coisas que sempre provocaram repulsa na história da arte. O longa foi exibido no Festival de Veneza.

A Erva do Rato

Diretor: Júlio Bressane

Elenco: Alessandra Negrini, Selton Mello

País de origem: BRA

Ano de produção: 2008