Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

A Festa da Menina Morta

População ribeirinha do Amazonas celebra anualmente evento em homenagem a uma menina morta.

A Festa da Menina Morta

Diretor: Matheus Nachtergaele

Elenco: Daniel de Oliveira, Jackson Antunes, Daniel, Dira Paes

País de origem: BRA

Ano de produção: 2008

Em comunidades pobres do interior do Brasil, as dificuldades da vida muitas vezes são amenizadas pela religiosidade do povo. Em um vilarejo ribeirinho do Amazonas, o povo espera a comemoração da 20ª Festa da Menina Morta, um evento dedicado aos milagres concedidos por uma criança que desapareceu misteriosamente há duas décadas e ao jovem que encontrou a única coisa que sobrou da garota, seu vestido. Conhecido como Santinho (Daniel de Oliveira), ele também se prepara para a festa em que é protagonista.

Morando com seu pai (Jackson Antunes), Santinho cumpre anualmente o ritual da cerimônia desde o suicídio da mãe (Cássia Kiss), que aconteceu na mesma época em que um cachorro lhe entregou os trapos da roupa da menina. Tido por todos como um verdadeiro santo milagreiro, ele é coberto de mordomias pelo povo da cidade e os peregrinos que vão só para vê-lo e pedir sua benção. Após todos estes anos, no entanto, Tadeu (Juliano Cazarré), irmão da menina morta, já não vê mais sentido nas comemorações, e acha que deviam acabar com a festa.

Enquanto os mais religiosos preparam as cerimônias da comemoração, o pai do Santo, conhecido como o homem mais mulherengo e cachaceiro da região, aproveita para instalar uma barraca em frente de sua casa, para lucrar com a situação. Porém, nem isto, nem a relação próxima que tem com o filho tiram seu status no povoado. Na medida em que o momento da festa vai se aproximando, a verdadeira personalidade de cada um vai ficando mais clara.

A Festa da Menina Morta é o primeiro filme dirigido pelo ator Matheus Nachtergaele. O longa, com roteiro dele e de Hilton Lacerda, foi pensado quando o ator filmava O Auto da Compadecida, no interior do nordeste. Na ocasião, Nachtergaele se impressionou com a quantidade de cerimônias religiosas da região, principalmente uma em homenagem a uma menina que desapareceu e teria enviado sua roupa após as preces da família. Onde foi exibido, o filme chocou parte do público, por conter cenas de sexo entre pai e filho.

Trailer do filme

Notícias recomendadas

"Terremoto", "Tel Aviv em Chamas" e mais seis filmes estreiam nos cinemas nesta quinta-feira (12); saiba mais!

Cinema

16 filmes imperdíveis para assistir no primeiro semestre de 2020

Cinema

10 filmes de terror e suspense para assistir em 2020

Cinema

"Fim de Festa", "Seberg Contra Todos" e mais quatro filmes chegam aos cinemas nesta semana; saiba mais!

Cinema

18 filmes imperdíveis que estreiam nos cinemas em março de 2020

Cinema

"Você Não Estava Aqui", "O Homem Invisível" e mais quatro filmes estreiam nesta quinta-feira (27); Saiba mais!

Cinema