Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

A Filha do Chefe

Rapaz tenta conquistar uma colega do trabalho, que também é filha do chefe, um verdadeiro carrasco..

A Filha do Chefe

Diretor: David Zucker

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: 12 anos

Tom (Aston Kutcher) trabalha em uma editora e tem dois sonhos e um medo: os sonhos são mudar para o departamento de criação da empresa e namorar Lisa (Tara Reid), uma colega. O medo está todo concentrado na figura de Jack Taylor (Terence Stamp), o chefe, que não hesita em mandar embora um empregado pelos motivos mais banais. E, ainda por cima, é o pai da menina. Mas a chance surge quando Lisa o convida para sair.

Tom acha que enfim pode conquistar A Filha do Chefe, mas só quando chega à casa da menina é que ele descobre a armadilha em que se meteu. Na verdade, ele tem é de cuidar da casa enquanto pai e filha estão fora - ela vai sair com o namorado, Hans. Claro, qualquer suspeita de alguma coisa fora do lugar quando Jack voltar significará a imediata demissão de Tom. Ainda se ninguém aparecesse, mas o irmão de Lisa chega e pode atrapalhar tudo.

Nos Estados Unidos, essa comédia adolescente até agora não fez mais que igualar o dinheiro gasto para rodá-la, US$ 14 milhões. O elenco tem experiência no assunto: Aston Kutcher estrelou Recém-Casados e Cara, Cadê o Meu Carro?; Tara Reid esteve em dois American Pie; a fita ainda tem a beldade Carmen Electra (de Todo Mundo em Pânico). Quem destoa é o britânico Terence Stamp, que já foi considerado um galã e, recentemente, foi visto em O Estranho e como o chanceler Valorum do Episódio I - A Ameaça Fantasma.

Notícias recomendadas

10 filmes que completam 10 anos em 2019

Cinema

10 filmes não Blockbusters lançados em 2019 que você não pode deixar de assistir

Cinema

10 filmes incríveis que valem por sessões de terapia

Cinema

10 filmes que abordam o universo nerd para assistir pelo menos uma vez na vida

Cinema

10 filmes sobre amadurecimento que você deveria assistir

Cinema

10 filmes que as futuras gerações não podem deixar de assistir 

Cinema