Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

A Promessa

Princesa não pode se apaixonar, mas se vê envolvida por um guerreiro.

A Promessa

Diretor: Kaige Chen

País de origem: CHI/HKG/JAP/COR

Ano de produção: 2005

Classificação: 12 anos

Quando criança, a princesa Qingcheng encontrou uma feiticeira que a amaldiçoou. A menina terá uma vida de poder e luxo, mas vai perder todo homem por quem se apaixonar e só quebrará o efeito se puder reverter o tempo. Já adulta, ela começa a ter problemas no momento em que um habilidoso general de seu marido, o Rei, o mata e a salva de seus soldados e dos homens do terrível Wuhuan. Durante a fuga, os dois encontram o vilão, e ele é obrigado a fugir, não sem antes fazer A Promessa de que não deixará nada de mal acontecer a ela.

O herói, no entanto, é na verdade Kunlun, um jovem e misterioso escravo que, após salvar o verdadeiro general em uma batalha, na qual este se fere, pega suas roupas com a missão de resgatar o rei, mas acaba se confundindo. Desta forma, enquanto o vilão quer o poder, o general e seu escravo terão que impedi-lo e, ao mesmo tempo, brigar pelo coração da jovem princesa.

O filme chinês, dirigido por Chen Kaige, mesmo diretor de Adeus, Minha Concubina, chama a atenção pelas belas imagens, conseguidas principalmente por ter sido o filme mais caro da história da China. Com orçamento de cerca de US$ 35 milhões, A Promessa conta com grandes nomes do cinema oriental, como Cecilia Cheung e Hiroyuki Sanada.

Notícias recomendadas

"Cine África Em Casa" exibe filmes africanos com bate-papo virtual; saiba mais!

Cinema

6 cinemas drive-in em São Paulo para conhecer e curtir um momento de lazer

Cinema

Arena Estaiada Drive-In inaugura em São Paulo nesta sexta-feira (12); saiba mais sobre ingressos e sessões

Cinema

Cinema drive-in voltou; veja onde encontrar no Brasil

Cinema

Plataforma de cinema online inova ao exibir filmes inéditos e exclusivos; saiba tudo!

Cinema

5 motivos para conferir o festival de cinema online "We Are One: A Global Film Festival"

Cinema