Guia da Semana

Guia da Semana

Durante 14 horas na cidade de Porto Alegre, um grupo de personagens excêntricos mostra com suas atitudes cotidianas que, por mais avançados que sejam, os seres humanos são Ainda Orangotangos. Um menino de rua que oscila entre a vida honesta e a marginalidade, um velho editor entediado, uma jovem lésbica que aproveita a vida, um professor apaixonado, estas e outras figuras indicam que assim como os macacos, os homens também agem por instinto, seja na capital gaúcha ou em qualquer outra parte do planeta.

Ainda Orangotangos é o primeiro longa-metragem do cineasta Gustavo Spolidoro. O filme chama a atenção por ser o primeiro brasileiro, e um dos únicos do mundo, a utilizar apenas um plano-seqüência. Todos os 81 minutos da obra se passam sem nenhum corte. Para isso, a equipe separou em 15 cenas e as ensaiou separadas durante três meses. Foram feitos seis takes do filme e o segundo foi o escolhido para ir às telas. Ainda Orangotangos foi baseado no livro homônimo de Paul Scott.

Ainda Orangotangos

Diretor: Gustavo Spolidoro

Elenco: Arlete Cunha, Artur José Pinto, Janaína Kremer, Karina Kazuê, Kayodê Silva, Letícia Bertagna, Lindon Satoru Shimizu, Nilsson Asp, Renata de Lélis

País de origem: BRA

Ano de produção: 2007

Classificação: 16 anos