Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Amarelo Manga

O filme conta histórias da periferia do Recife.

Amarelo Manga

Diretor: Cláudio Assis

Elenco: Leona Cavalli

País de origem: BRA

Ano de produção: 2002

Classificação: 18 anos

Amarelo é a cor do ouro. Mas também é a cor das coisas envelhecidas pelo tempo e a cor do rosto daqueles que têm doenças como hepatite. É este tom que o diretor Cláudio Assis mostra em seu filme de estréia, Amarelo Manga, retratando personagens da periferia do Recife.

>> Confira as estreias da semana
>> Veja os filmes que estão em cartaz
>> Saiba quais foram os filmes mais vistos do fim de semana

O travesti e cozinheiro Dunga (Matheus Nachtergaele) é apaixonado secretamente pelo açougueiro Wellinton (Chico Diaz), que, apesar de ser casado com a evangélica Kika (Dira Paes), tem uma amante. Dunga trabalha numa pensão de periferia, onde um dos hóspedes é o traficante Issac (Jonas Bloch). Ele vende maconha para uma pessoa que não paga com dinheiro, mas com cadáveres desviados do IML, onde trabalha. Uma das coisas que Isaac faz com os corpos (para citar apenas uma) é descarregar sua arma neles. Ainda sobra espaço para uma dona de botequim constantemente assediada pelos clientes e um padre bêbado.

Tratando temas como necrofilia, homossexualismo e adultério sem ser extremamente sombrio, Amarelo Manga ganhou prêmios no Festival de Berlim e no Festival de Cinema Latino-Americano de Toulouse (França), além de também ter sido premiado no Festival de Brasília - incluindo melhor filme na opinião do público e da crítica e melhor ator para Chico Diaz.


Notícias recomendadas

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema

Mostras de cinema gratuitas e online para conferir em fevereiro

Cinema