Guia da Semana

Guia da Semana

O alemão Johann se embrenha nos confins do Brasil para fugir da Segunda Guerra Mundial, em 1942. Com a educação e beleza européia, ele ganha a vida vendendo aspirinas como um novo medicamento milagroso. Ranulpho é um sertanejo sonhador, que deseja ir para o Rio de Janeiro e esquecer a realidade da seca e da miséria. No meio do sertão nordestino os dois homens com experiências de vida bem diferentes se encontram, estreitam um laço de amizade e um relacionamento profissional. Apesar do percurso inverso de cada um, eles seguem juntos na estrada exibindo filmes sobre o remédio para pessoas que nunca tiveram contato com o cinema.

Um dos locais escolhidos para as filmagens de Cinema, Aspirinas e Urubus, a cidade de Picote no sertão da Paraíba, fez jus à história contada no longa. Os moradores, que nunca tiveram a oportunidade de sair daquela região, jamais tinham visto uma sessão de cinema antes. Esse é o primeiro longa-metragem do diretor Marcelo Gomes, que trabalhou como co-roteirista de Madame Satã. O filme foi exibido em duas mostras de cinema no Brasil, a Première Brasil e a 29ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, onde recebeu o prêmio de melhor filme de ficção do júri. Além desta premiação, a produção também foi eleita pela crítica o melhor filme nacional.

Veja também a matéria especial com o diretor Marcelo Gomes

Cinema, Aspirinas e Urubus

Diretor: Marcelo Gomes

Elenco: João Miguel

País de origem: BRA

Ano de produção: 2005

Classificação: 14 anos