Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Dois Anjos

Jovem bate de frente com o pai conservador quando tenta realizar o sonho de estudar música.

Dois Anjos

Diretor: Mamad Haghighat

País de origem: IRA/FRA

Ano de produção: 2003

Filho de um homem muito rígido, o jovem Ali, de 15 anos, sofre com a pressão do pai, que não quer que ele estude ou aprenda coisas novas. O desejo do religioso e exigente patriarca é de ver o rapaz a seu lado, trabalhando na manufatura de pães. Infeliz, o jovem encantado por flauta resolve pegar deixa seu vilarejo para estudar num conservatório musical em Teerã.

Durante todo o tempo, Ali é sustentado pela mãe, que faz bordados para ganhar dinheiro. No conservatório, ele conhece a encantadora Azar, que toca uma espécie de tamborim. O afastamento e desconforto com a situação provoca um inevitável confronto entre pai e filho, com conseqüências que podem ser irreversíveis no futuro.

Dois Anjos marca a estréia de Mamad Haghighat como diretor, produtor e roteirista no cinema. O longa participou do Festival de Cannes de 2003.

Notícias recomendadas

"Terremoto", "Tel Aviv em Chamas" e mais seis filmes estreiam nos cinemas nesta quinta-feira (12); saiba mais!

Cinema

16 filmes imperdíveis para assistir no primeiro semestre de 2020

Cinema

10 filmes de terror e suspense para assistir em 2020

Cinema

"Fim de Festa", "Seberg Contra Todos" e mais quatro filmes chegam aos cinemas nesta semana; saiba mais!

Cinema

18 filmes imperdíveis que estreiam nos cinemas em março de 2020

Cinema

"Você Não Estava Aqui", "O Homem Invisível" e mais quatro filmes estreiam nesta quinta-feira (27); Saiba mais!

Cinema