Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Doze É Demais!

Steve Martin é um técnico de futebol americano, pai de 12 filhos, que enfrenta novos desafios ao ser contratado por um time de maior expressão..

Doze É Demais!

Diretor: Shawn Levy

Elenco: Steve Martin, Eve

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: Livre

Tom (Steve Martin) e Kate Baker (Bonnie Hunt) sempre pensaram grande: desde o tempo de namoro queriam oito filhos. No fim, passaram um pouco da conta e tiveram Nora, Charlie, Lorraine, Henry, Sarah, Jake, Jessica, Kim, Mark, Mike, Nigel e Kyle! Perdeu a conta? São doze filhos! Nora (Piper Perabo) é a única que saiu de casa, para morar em Chicago com o namorado Hank, odiado pelos outros onze - e a recíproca é verdadeira. Os Baker moram numa cidade pequena, onde Tom é o bem-sucedido técnico do time universitário local de futebol americano, enquanto Kate escreve um livro sobre sua experiência familiar.

Os métodos vencedores do técnico não passam despercebidos de um velho amigo, Shake, que o convida para treinar o Stallions, o time da faculdade onde Tom estudou. O emprego de seus sonhos, no entanto, exige que todos se mudem para Chicago - as crianças não gostam nada disso, mas Tom usa de muita persuasão para convencê-las. A casa nova é maior, mas a vida na metrópole é diferente. Treinar um time de Chicago não é como levar uma equipe menor, e logo Tom estará dividido entre família e trabalho. Ainda por cima, o livro de Kate será finalmente publicado, e ela deve deixar os filhos por alguns dias para promover sua obra - tempo suficiente para o caos se instalar na casa dos Baker.

Depois de um personagem exagerado e caricatural em Looney Tunes: De Volta À Ação, Steve Martin volta a ser o comediante que todos apreciam em Doze É Demais!, vagamente baseado nas memórias do casal Gilbreth, livro que foi best-seller na década de 40 e que já havia inspirado um filme em 1950 - a versão 2003 conserva apenas a idéia do casal com 12 filhos. Ao contrário de tantas comédias recentes, esta tira seu humor das situações, dos diálogos e do pastelão (o que é diferente de escatologia). É no mínimo curioso ver um longa desses aparecer em uma época onde a maioria das pessoas olha torto para famílias numerosas, o "casalzinho" de filhos é a meta de vida de muitos casais e a carreira está acima de tudo. Sem ser dogmático ou forçar a barra, Doze É Demais! mostra que família grande (e dedicação integral a ela) também pode ser legal; a diferença é que exige mais sacrifício (outro termo quase tão fora de moda quanto "muitos filhos"), mas a recompensa é diretamente proporcional ao esforço.

Notícias recomendadas

7 filmes de Ano Novo para entrar no clima de festas

Cinema

10 filmes de X-Mens que você deveria assistir

Cinema

10 filmes imperdíveis com a atriz Glenn Close

Cinema

15 suspenses atuais que você não pode deixar de assistir

Cinema

10 filmes clichês de Natal que você precisa ver pelo menos uma vez na vida

Cinema

10 filmes imperdíveis que se passam na selva

Cinema