Guia da Semana

Guia da Semana

Quando está saindo de uma loja, a dentista Marguerite tem sua bolsa roubada e fica sem dinheiro nem documentos. Alguns minutos depois, o bandido deixa a carteira no chão do estacionamento de um shopping. Passando por ali, Georges Palet a encontra e decide devolver à dona. Casado, pai de dois filhos, o homem de meia idade entrega o objeto em uma delegacia, mas fica inquieto por saber mais sobre aquela mulher.

Quando Marguerite liga para agradecer ao benfeitor, cria-se um atrito entre os dois. Cada vez mais obcecado pela dentista, Georges não consegue se afastar dela, e tenta de toda forma estar por perto, e mesmo sua esposa percebe que nada pode fazer para impedir o marido de se aproximar da desconhecida. Quando não suporta mais as investidas de Georges, Marguerite toma uma atitude extrema para afastá-lo. Porém, logo ela percebe que também está obcecada por aquele homem.

Ervas Daninhas é o 19° filme do cineasta francês Alain Resnais, de 87 anos, conhecido por ser um dos precursores da Nouvelle Vague. Seus dois primeiros longas-metragens, Hiroshima, Mon Amour e O Ano Passado em Marienbad são considerados clássicos do cinema mundial. Antes de Ervas Daninhas, Resnais realizou Medos Privados em Lugares Públicos, que está em cartaz em São Paulo há mais de dois anos. A nova produção traz as presenças de Andre Dussollier, em sua sétima parceria com o cineasta, e de Sabine Azéma, esposa do diretor, que já realizou nove filmes com ele.

Trailer do filme

Ervas Daninhas

Diretor: Alain Resnais

País de origem: FRA

Ano de produção: 2009