Guia da Semana

Guia da Semana

Na mitologia grega, Talia, Abigail e Eufrosina são as Graças, e representam respectivamente a beleza, o amor e o prazer. O mito está por trás do trio de amigos de Filme de Amor: Hilda, Matilda e Gaspar não têm muito dinheiro, e se encontram em um sobrado no Rio de Janeiro por um fim de semana. O objetivo é trocar idéias e ter várias horas de prazer, deixando a imaginação correr solta e esquecendo por um momento seus problemas.

Filme de Amor (não confunda com Como Fazer um Filme de Amor, de José Roberto Torero, ainda inédito) é o 26.º longa de Júlio Bressane, de Dias de Nietzche em Turim e Matou a Família e Foi ao Cinema. A fita contem várias referências à própria obra de Bressane, como frases de O Anjo Nasceu e trechos da trilha sonora de O Rei do Baralho. No Festival de Brasília de 2003, o longa levou três prêmios: além de melhor filme, venceu nas categorias trilha sonora e fotografia; mas, no festival de Cannes do mesmo ano, as cenas de sexo espantaram parte da platéia.

Filme de Amor

Diretor: Júlio Bressane

País de origem: BRA

Ano de produção: 2003

Classificação: 18 anos