Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Garota Infernal

Chefe de torcida se transforma em assassina de rapazes, mas continua a ter seu namorado.

Garota Infernal

Diretor: Karyn Kusamau

País de origem: EUA

Ano de produção: 2009

Amigas de infância, Needy e Jennifer não têm mais nada em comum, mas mantém a amizade. Enquanto a primeira é tímida e insegura, a outra é a garota mais desejada do colégio, e sabe disso. Arrogante e dona de si, Jennifer é uma mulher fria e não se importa com o sentimento dos outros. Tudo piora quando as amigas vão para um show de rock. Os músicos decidem fazer um sacrifício para garantir o sucesso da banda, mas acabam errando no ritual e Jennifer é possuída pelo demônio.

Agora, a Garota Infernal está com vontade de devorar todos os homens que vê, literalmente. Ela não se importa mais com o que os outros vão pensar, e decide matar e comer a todos que desejam seu corpo. Depois de anos vivendo sob a sombra da amiga, Needy percebe que algo está errado e que ela precisa agir porque o próximo alvo de Jennifer parece ser Chip, o seu namorado.

Escrito pela vencedora do Oscar Diablo Cody, Garota Infernal foi produzido pela mesma equipe de Juno. De acordo com a roteirista, após escrever Juno ela gostaria de fazer algo mais sombrio, então pensou nesta nova história sobre adolescentes. Logo ela mostrou para o diretor Jason Reitman, que havia dirigido seu filme anterior. Ele gostou da ideia e decidiu que iria produzir, e que uma mulher deveria ser a diretora desta vez. Megan Fox, de Transformers, aceitou o papel assim que leu o roteiro.


Trailer do filme video

Notícias recomendadas

6 remakes incríveis que você precisa assistir o quanto antes

Cinema

Além dos documentários: 6 filmes que estimulam a consciência ambiental

Cinema

8 filmes brasileiros que você vai querer ver em 2019

Cinema

10 filmes incríveis dos anos 60 que você deveria assistir 

Cinema

8 filmes imperdíveis sobre escalada e alpinismo

Cinema

Cinema: 10 trailers e teasers que vão te deixar ansioso(a) para 2019

Cinema