Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Garotas do ABC

Dividido em três núcleos, o filme mostra o cotidiano de trabalhadoras da região da grande São Paulo e as ações de uma gangue fascista..

Garotas do ABC

Diretor: Carlos Reichenbach

Elenco: Selton Mello

País de origem: BRA

Ano de produção: 2003

Classificação: 16 anos

O ABC paulista é um dos maiores complexos industriais e de prestação de serviços do Brasil. Lá, estão instaladas as sedes de montadoras de veículos, metalúrgicas e outros tipos de grandes empresas. Neste cenário, Aurélia aparece como funcionária de uma indústria têxtil de São Bernardo do Campo, ao lado de tantas outras pessoas - como as operárias Antuérpia, Paula e Suzana - que sonham em ter uma vida melhor com o esforço do trabalho.

Negra e determinada, Aurélia tem como ídolo o astro Arnold Schwarzeneger, tanto que seu apelido é Schwarzenega. A vida de dela começa a se complicar quando se apaixona por Fábio, que participa de um grupo de neonazistas. Liderada pelo advogado Salesiano de Carvalho (Selton Mello), a gangue é guiada pela intolerância e promove ataques contra negros e nordestinos.

A história de Garotas do ABC tem três núcleos: a família de Aurélia, as amigas de trabalho da moça e o grupo neonazista. O filme teve 45 minutos de seu original cortados, parte em que abordava ação de gangues de carecas na região metropolitana de São Paulo. O diretor Carlos Reichenbach é o mesmo de Dois Córregos e Alma Corsária.

Notícias recomendadas

Saiba como assistir ao Oscar 2021 na TV e Internet

Cinema

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema