Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Goodbye Solo

Taxista é contratado para levar homem até o local onde ele irá se matar.

Goodbye Solo

Diretor: Ramin Bahrani

País de origem: EUA

Ano de produção: 2008

Vindo do Senegal, Solo sonha conseguir vencer na América através de seu esforço, mesmo com todo o preconceito contra os estrangeiros, tão comum neste país. Enquanto não atinge seu objetivo, ele vive como um simples taxista em Winston-Salem, na Carolina do Norte. Certo dia, ele é chamado para uma corrida que pode transformar a sua vida. O aposentado William pede que ele o leve para uma local deserto, uma montanha chamada Blowing Rock.

A viagem, que irá durar duas semanas, pode render muito dinheiro para o taxista. Porém, este percebe logo que não é um serviço comum. Pelo jeito de seu passageiro, e como ele afirma ser apenas uma viagem de ida, Solo logo percebe que William pretende cometer suicídio nas montanhas. Com a convivência, os dois passam a ter uma inusitada amizade. Agora, Solo quer fazer de tudo para convencer seu novo amigo a desistir de seu plano.

Goodbye Solo foi o vencedor do prêmio da crítica (FIPRESCI) do Festival de Veneza de 2009. O longa é o terceiro do diretor americano Ramin Bahrani. Apesar de nascido e criado nos EUA, o cineasta é de origem iraniana, e chegou a viver por três anos no país do Oriente Médio, onde concluiu sua faculdade de cinema. Antes, o diretor já havia feito Man Push Cart e Chop Shop, ambos exibidos em grandes festivais, como Cannes e Veneza.

Notícias recomendadas

Saiba como assistir ao Oscar 2021 na TV e Internet

Cinema

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema