Guia da Semana

Guia da Semana

Na década de 20, duas irmãs são separadas ainda crianças quando os pais morrem. Os tios Heinrich e Martha ficam responsáveis por Anna, que passa a ser maltratada na fazenda deles na Alemanha. A outra garotinha, Lotte, sofria de tuberculose e foi enviada para a Holanda, onde recebeu os cuidados de Ferdinand e Henriette, dois parentes distantes com melhores condições financeiras. As meninas tentam desesperadamente manter contato ao longo do tempo, mas a nova família de Anna é cruel e, além de obrigá-la a trabalhar, faz com que ela acredite que Lotte esteja morta.

Para Lotte, o destino foi mais confortável, mas não menos sofrido. As cartas que escrevia para Anna nunca foram entregues, pois os pais adotivos tinham medo de perdê-la se os tios alemães ficassem sabendo que estava curada da doença. Os anos passam e, quando a Segunda Guerra Mundial está prestes a ser deflagrada, acontece o primeiro encontro das Irmãs Gêmeas. Tímidas no início, elas falam de todos os desencontros e do caminho que cada uma tomou. Lotte tornou-se uma garota elegante e educada, enquanto Anna sempre trabalhou como criada e era uma pessoa simples e humilde. A diferença de ideologia entre elas durante a guerra - uma apoiava o nazismo e a outra sofreu com o regime na pele - cria um sério e talvez irremediável distanciamento entre as duas.

O longa holandês foi indicado ao Oscar deste ano como melhor filme estrangeiro, prêmio arrematado por As Invasões Bárbaras. O drama de época é baseado no best-seller de Tessa de Loo, que vendeu mais de 3,5 milhões de cópias na Alemanha e Holanda.

Irmãs Gêmeas

Diretor: Ben Sombogaart

País de origem: HOL/LUX

Ano de produção: 2002

Classificação: 14 anos