Guia da Semana

Guia da Semana

Na cidade californiana de Visalia, uma turma de skatistas vai levando a vida. Uma vida nada normal, diga-se de passagem. Shaw tem um caso com a mãe de sua namorada; Tate tem fantasias sexuais enquanto assiste a jogos de tênis e tem impulosos homicidas; Peaches tem um pai religioso, enquanto ela é uma ninfomaníaca; e Claude, usuário de drogas, é o objeto da paixão desenfreada de seu próprio pai. O elo entre todos estes teens é Ken Park, um outro adolescente que toma uma decisão radical.

Larry Clark volta a escandalizar como havia feito em Kids. Com o pretexto de "mostrar a realidade" (como se todo adolescente fosse assim), Ken Park investe nas cenas de sexo explícito e masturbação, sem poupar o público de nada - aliás, parece haver uma tendência no cinema de começar a mostrar a coisa real, em vez de apenas simulação, e fazer passar a pornografia por "filme de arte" simplesmente por ser produção independente ou européia. Não é à toa que Ken Park foi proibido na Austrália. Interessante perceber que, apesar de estarem interpretando adolescentes, os atores eram todos maiores de idade, à exceção de Adam Chubbuck, que fez o papel de Ken.

Ken Park

Diretor: Larry Clark e Edward Lachman

País de origem: EUA

Ano de produção: 2002

Classificação: 18 anos