Guia da Semana

Guia da Semana

Em 1929, uma japonesa órfã chamada Chiyo sai de uma vila de pesca e é vendida para uma mulher que prepara futuras gueixas. As garotas passam a vida sendo educadas como cortesãs e depois precisam pagar a dívida com os donos. Elas vendem a própria virgindade a um homem rico e aquela com o maior dote ganha fama sociedade.

Quando vai para a cidade, a pequena Chiyo (destaque para seus olhos azuis) é separada da irmã, único membro restante da família. A revolta toma conta da jovem e ela planeja, por muitas vezes, fugir. Quando descoberta, é maltratada pelos donos e, principalmente por Hatsumomo, uma gueixa invejosa e que alimenta ódio e ciúmes. A garota não consegue enxergar nada de bom em se transformar gueixa, mas sua opinião muda completamente quando conhece "O Presidente", um rico empresário que vive rodeado por lindas cortesãs. A partir daí, ela se empenha em voltar a reencontrá-lo e conquistá-lo.

Certo dia, uma das gueixas mais poderosas do Japão, Mameha, propõe transformar Chiyo - então com 15 anos - numa lenda. Em poucos meses, a jovem precisa aprender a arte de entreter o sexo oposto. É dançarina, cantora, instrumentista treinada e com apenas um olhar, é capaz de paralisar quem passa em seu caminho. Quando se torna completa, recebe o nome de Sayuri e conquista o homem mais poderoso de seu tempo. Mas terá de lidar com a fúria de Hatsumomo e com o segredo de amar "O Presidente", que não poderá ser seu, pois uma das leis de uma gueixa é nunca se apaixonar.

Memórias de Uma Gueixa é baseado no romance internacionalmente aclamado de Arthur Golden, que vendeu mais de quatro milhões de cópias em inglês e foi traduzido para 32 línguas. O filme é uma produção de Steven Spielberg e tem como diretor Rob Marshall, o mesmo do musical Chicago. A produção causou polêmica no Japão, que acharam inaceitável uma atriz chinesa no papel de uma gueixa. A história, na verdade, provocou os japoneses muito antes de virar filme. Mineko Iwasaki, a principal inspiração para o livro, processou o autor por não manter sua privacidade, depois que ele descreveu a "mizuage", que é a venda da virgindade de uma jovem gueixa a quem der o lance mais alto, de maneira fantasiosa demais. O longa faturou o Oscar 2006 nas categorias Melhor Figurino, Melhor Direção de Arte e Melhor Fotografia.

Memórias de uma Gueixa

Diretor: Rob Marshall

Elenco: Zhang Ziyi

País de origem: EUA

Ano de produção: 2005

Classificação: 14 anos