Guia da Semana

Guia da Semana

A psicóloga Miranda Grey (Halle Berry) trabalha com detentas em um presídio feminino. Seu desafio mais recente é Chloe (Penélope Cruz, ainda com seu característico sotaque), que matou o padrasto e insiste que o diabo a visita em sua cela para estuprá-la. Para Miranda, é tudo paranóia - como toda cientista de filme que se preza, ela não acredita no sobrenatural. Ao dirigir sozinha para casa uma noite, depois de muito trabalho, ela quase atropela uma garota parada bem no meio da estrada. Sua próxima lembrança será acordar na prisão - agora do outro lado da grade.

Sem saber o que está acontecendo, Miranda recebe más notícias do colega Pete (Robert Downey Jr.): seu marido, Douglas, que era o chefe de ambos na prisão, está morto. E quem o matou foi justamente Miranda. As evidências são incontestáveis, com a casa manchada de sangue e as digitais da psicóloga em todo lugar. Mas ela não se lembra de absolutamente nada, e qualquer coisa que ela relate a Pete e à polícia parecerá loucura. Miranda continua cética em relação às coisas do além, mas pelo menos pode entender Chloe melhor, já que se juntou ao grupo dos pirados e ninguém acredita mais nela.

No meio de Na Companhia do Medo, a platéia pode se decepcionar e pensar que o mistério já está resolvido, quando na verdade ainda há muitas surpresas pela frente. Este é um ponto positivo do filme. Entretanto, embora consiga criar um clima sombrio (e é interessante ver como o cinema sempre recorre a uma tempestade quando algo importante está para acontecer), o longa se apóia demais nos sustos fáceis, aquelas cenas com closes e música de tipo "Psicose" que surge de repente - pelo menos aqui elas são bem feitas e realmente assustam. Sem falar de algumas incoerências flagrantes, que não podem ser reveladas para não estragar a surpresa.

Leia também um perfil de Halle Berry, estrela de Na Companhia do Medo.

Na Companhia do Medo

Diretor: Mathieu Kassovitz

Elenco: Penélope Cruz, Robert Downey Jr., Halle Berry

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: 14 anos