Guia da Semana

Guia da Semana

Grande sucesso da teledramaturgia brasileira da década de 1970, O Bem Amado está de volta, agora nas telonas, para contar a história de Odorico Paraguaçu (Marco Nanini), prefeito da cidade de Sucupira, que tem como objetivo principal em sua administração inaugurar um cemitério. Porém, há um problema: ninguém morre na cidade.

Com o apoio de Dulcineia (Andréa Beltrão), Judiceia (Drica Moraes) e Doroteia (Zezé Polessa), as irmãs Cajazeiras, e a oposição liderada por Vladmir (Tonico Pereira), dono do jornal local, o prefeito corrupto faz de tudo para conseguir um defunto e estrear o cemitério municipal. Entre as tentativas, importa para a cidade Ernesto (Bruno Garcia), o moribundo que nunca morre, e contrata o famoso matador Zeca Diabo (José Wilker), responsável pela morte de seu antecessor.

Essa sátira da política brasileira, dirigida por Guel Arraes e produzida por Paula Lavigne, tem algumas atualizações em relação ao marco televisivo de Dias Gomes. Agora, as irmãs Cajazeiras, que eram beatas, se tornaram peruas, e Odorico é muito mais urbano, um bacharel que fala difícil e abusa de neologismo para impressionar.

Trailer do filme

O Bem Amado

Diretor: Guel Arraes

Elenco: Andréa Beltrão, José Wilker

País de origem: BRA

Ano de produção: 2009

Classificação: 12 anos