Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

O Código Da Vinci

Um assassinato envolve uma série de mistérios escondidos nas obras de Leonardo Da Vinci.

O Código Da Vinci

Diretor: Ron Howard

Elenco: Tom Hanks, Audrey Tautou, Ian McKellen, Paul Bettany, Alfred Molina

País de origem: EUA

Ano de produção: 2006

Classificação: 14 anos

O especialista em simbologia Robert Langdon (Tom Hanks) é renomado e bem-sucedido em seu ramo de atuação. Tanto que é convidado para dar uma palestra em Paris. Durante o evento, recebe um representante da polícia e é convocado para ir às pressas ao Museu do Louvre. Ao chegar lá, se depara com o corpo do curador do local, Jacques Sanière, com quem teria um encontro. Langdon passa imediatamente a ser suspeito do assassinato, mas uma frase para ser decifrada faz com que o capitão da polícia Bezu Fache (Jean Reno) utilize seus serviços antes que seja comunicado de que pode ser acusado de envolvimento com o crime.

A próxima pessoa a se envolver com Langdon é a criptóloga da polícia e neta da vítima Sophie Neveu (Audrey Tautou). Ela percebe o risco que o professor corre. Juntos, eles armam um jeito de fugir do museu, mas ainda fica nas mãos da dupla um segredo histórico incluindo obras do pinto italiano Leonardo Da Vinci e a vida de Jesus Cristo. Só que não são apenas eles que estão interessados em desvendar este mistério que esteve guardado com uma organização chamada Priorado de Sião, da qual Sanière era membro. A principal interessada no segredo é uma facção conservadora da Igreja Católica, que se chama Opus Dei e é comandada pelo Bispo Aringarosa. Esta ala conta com o monge Silas (Paul Bettany) no encalço de Langdon e Neveu.

Uma frenética corrida pelas ruas de Paris leva Langdon e Sophie a procurar abrigo na casa de do historiador e velho conhecido do simbologista Leigh Teabing (Ian McKellen). Conhecido por ser um estudioso e caçador do Santo Graal, ele também entra na trama, e ajuda os fugitivos a ir de avião até a Inglaterra. Toda essa história passa por momentos de fugas, intrigas, mentiras e mortes até descobrir o que há por trás das pinturas que pode colocar em xeque a posição dos católicos.

O Código Da Vinci é um sucesso editorial que teve mais de 36 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. Controverso, tem causado polêmica em vários países por sugerir na história que Jesus Cristo teve um romance com Maria Madalena e que os dois até tiveram um filho. A Sony Pictures, responsável pelo lançamento do longa, e o autor do livro Dan Brown alegam se apenas se trata de ficção. O filme é um dos mais esperados da temporada 2006 e um dos maiores investimentos dos estúdios em divulgação. Estima-se que o orçamento total da produção tenha ficado em torno dos US$ 125 milhões.

A idéia inicial era de levar a história para um especial de TV. Dan Brown, porém, não quis vender os diretos, que meses depois foram adquiridos pela Sony para adaptar para o cinema. Parte das filmagens foram feitas dentro do Museu do Louvre, em Paris, com autorização do governo. A equipe só podia filmar durante a noite e não era permitido que luz artificial fosse usada para iluminar a Mona Lisa. A solução foi utilizar uma réplica. Já as seqüências que se passam na Abadia de Westminster foram feitas na Catedral de Lincoln, no leste da Inglaterra.

Veja também

  • Conheça cada personagem da trama

  • Veja o perfil do diretor e do elenco do filme

  • Saiba mais sobre o homem por trás de O Código Da Vinci

  • Confira a resenha do livro


  • Notícias recomendadas

    Disney Pixar divulga teaser trailer de "Toy Story 4"; assista!

    Cinema

    21 filmes com heróis de Stan Lee que você precisa assistir o quanto antes

    Cinema

    10 filmes que você precisa assistir na Netflix até o final do ano

    Cinema

    9 filmes imperdíveis com o ator Eddie Redmayne para assistir hoje mesmo

    Cinema

    10 filmes sobre educação que você precisa assistir

    Cinema

    10 filmes que não tiveram tanta repercussão e merecem sua atenção

    Cinema