Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

O Prazer É Todo Meu

Mulher não consegue mais atingir o orgasmo e procura ajuda desesperadamente.

O Prazer É Todo Meu

Diretor: Isabelle Broué

País de origem: FRA

Ano de produção: 2004

Jovem e ao mesmo tempo madura, Louise é segura, decidida e espirituosa. Vive em Paris, onde trabalha numa rádio, e aproveita o tempo livre ao lado de François. Ao lado do namorado realiza seus desejos e sabe muito bem aproveitar os momentos sexuais do casal, motivo pelo qual vive criticando a irmã Félice, que finge orgasmos para satisfazer o marido. Quando se vê na iminência de apresentar seu amado para a família, sofre um revés que não imaginava.

Do dia para a noite e sem motivo aparente, Louise não sente mais desejo e prazer durante o sexo. Inicialmente desconfortável, fica pensativa com a situação, que continua por algum tempo. Sem entender o que está acontecendo, parte desesperadamente em busca de uma explicação para o fato, visitando desde médicos até curandeiros.

O Prazer É Todo Meu tem roteiro e direção assinados por Isabelle Broué. O orçamento do longa ficou em torno de 3,9 milhões de euros.

Notícias recomendadas

"Sonic: O Filme", "O Preço da Verdade" e mais quatro filmes estreiam nos cinemas dia 13 de fevereiro; Confira!

Cinema

11 filmes que não venceram o Oscar 2020, mas que você deveria assistir o quanto antes

Cinema

Veja a lista dos filmes vencedores do Oscar 2020

Cinema

Oscar de Melhor Atriz: 11 atuações que você precisa assistir o quanto antes

Cinema

"Jojo Rabbit", "Harriet" e mais três filmes são as estreias desta semana; saiba mais!

Cinema

"Bad Boys Para Sempre", "Judy: Muito Além do Arco-Íris" e mais seis filmes estreiam nesta quinta (30); Confira!

Cinema