Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

O Senhor das Armas

Desiludido com a vida, Yuri convence o irmão mais novo a ser seu sócio no tráfico de armas, mas essa escolha vai mudar definitivamente sua rotina.

O Senhor das Armas

Diretor: Andrew Niccol

Elenco: Nicolas Cage

País de origem: EUA

Ano de produção: 2005

Classificação: 18 anos

Nascido na Ucrânia antes da dissolução da União Soviética, Yuri Orlov (Nicolas Cage) emigrou com a família para os Estados Unidos quando ainda era criança. Alegando falsamente ter descendência judia, seus pais abriram um restaurante em Nova York. Depois de se tornar adulto, o rapaz ficou desiludido com a vida e com o trabalho modesto nos negócios do pai.

Após sobreviver a um tiroteio entre mafiosos russos, Yuri tem uma idéia que vai mudar definitivamente a sua vida. Ele convence seu irmão mais novo Vitaly a ser seu sócio no tráfico de armas. Toda a ascensão do poderoso traficante internacional é acompanhada de perto pelo agente da Interpol Jack Valentine. Logo, Yuri se vê sozinho diante do negócio, já que seu irmão se torna viciado em cocaína e é internado em uma clínica de reabilitação.

Tudo parece dar certo na vida do ucraniano, que conhece a bela Ava, se casa e tem um filho com ela. Para completar a felicidade de Yuri, o fim da União Soviética, em 1991, traz bons negócios para O Senhor das Armas que passa a comprar armamento e revendê-lo em países que estão em guerra, sem concorrência. Mas o cerco começa a se fechar quando a polícia internacional passa a investigar as atrocidades ocorridas na África Ocidental. Agora Yuri tem de escolher entre a vida no tráfico ou a estabilidade familiar.

Três anos após o lançamento da ficção Simone, o diretor Andrew Niccol volta à cena com um drama baseado em fatos reais. O cineasta foi indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro por ser o autor de O Show de Truman. O protagonista do filme, Nicolas Cage, já foi indicado duas vezes ao Oscar de melhor ator. Em 2003 por sua atuação em Adaptação e em 1996, quando venceu com o longa Despedida em Las Vegas. Além da premiação máxima da academia, o ator foi indicado a quatro Globos de Ouro e venceu um. A produção conta com uma participação nacional: Antônio Pinto que assina a trilha sonora do filme. O brasileiro foi responsável pela parte musical de Central do Brasil, Cidade de Deus e Colateral.

Notícias recomendadas

8 filmes imperdíveis sobre escalada e alpinismo

Cinema

Cinema: 10 trailers e teasers que vão te deixar ansioso(a) para 2019

Cinema

5 filmes com final ambíguo que você precisa assistir

Cinema

40 filmes imperdíveis dos anos 2000 que você precisa assistir o quanto antes

Cinema

15 filmes com a atriz Sandra Bullock que você precisa assistir

Cinema

Além de Harry Potter, 10 filmes com Daniel Radcliffe

Cinema