Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

O Silêncio de Lorna

Para obter cidadania belga, jovem albanesa aceita se casar com viciado em drogas, que deverá ser morto logo depois.

O Silêncio de Lorna

Diretor: Jean-Pierre Dardenne,Luc Dardenne

País de origem: BEL/ING

Ano de produção: 2008

Classificação: 14 anos

A imigrante albanesa Lorna tem um grande sonho de viver com seu namorado Sokol na Bélgica, onde juntos poderão cuidar de uma lanchonete. Para isso, eles economizam dinheiro e tentam um empréstimo para que possam manter o estabelecimento. Porém, eles precisariam ter cidadania belga, então pedem ajuda para o criminoso Fabio, que tem um esquema para o casal. Ele propõe que Lorna se case com um viciado em drogas belga em troca de dinheiro e, quando conseguisse a identidade nova, se livrasse dele e casasse com um russo, recuperando o que pagou.

Os dois aceitam a proposta, mesmo sabendo que o plano de Fabio é aproveitar o fato do marido, Claudy, ser um drogado, para matá-lo e agilizar o processo de legalização do russo na Bélgica. Enquanto Sokol trabalha fora do país para ter mais dinheiro, Lorna vive com o marido belga simulando um casamento natural. Aproveitando o fato de tê-la em casa, no entanto, Claudy pede ajuda para se livrar do vício. A princípio a jovem se convence de que é apenas uma desculpa, mas logo percebe que ele pretende mesmo levar uma vida normal.

Sensibilizada com o esforço dele, a mulher tenta encontrar uma forma de eles se separarem sem que seja preciso recorrer ao plano de Fábio, de matar o rapaz em uma overdose. Entretanto, aparentemente, nada do que ela fizer pode impedir a morte, e tentar ir contra este plano pode acabar com suas esperanças de ter sua lanchonete na Bélgica. O Silêncio de Lorna pode significar a condenação de Claudy, justamente no momento em que ele está decidido a mudar de vida.

Dirigido pelos irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne, O Silêncio de Lorna venceu o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes de 2008, onde também concorreram à Palma de Ouro. Está é a quarta participação dos cineastas no evento francês. Antes, eles já haviam concorrido ao prêmio principal em 2002 por O Filho, além de levar a Palma de Ouro em 1999, com Rosetta, e em 2005, com A Criança.


Trailer do filme video

Notícias recomendadas

7 filmes de Ano Novo para entrar no clima de festas

Cinema

10 filmes de X-Mens que você deveria assistir

Cinema

10 filmes imperdíveis com a atriz Glenn Close

Cinema

15 suspenses atuais que você não pode deixar de assistir

Cinema

10 filmes clichês de Natal que você precisa ver pelo menos uma vez na vida

Cinema

10 filmes imperdíveis que se passam na selva

Cinema