Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

O Silêncio de Lorna

Para obter cidadania belga, jovem albanesa aceita se casar com viciado em drogas, que deverá ser morto logo depois.

O Silêncio de Lorna

Diretor: Jean-Pierre Dardenne,Luc Dardenne

País de origem: BEL/ING

Ano de produção: 2008

Classificação: 14 anos

A imigrante albanesa Lorna tem um grande sonho de viver com seu namorado Sokol na Bélgica, onde juntos poderão cuidar de uma lanchonete. Para isso, eles economizam dinheiro e tentam um empréstimo para que possam manter o estabelecimento. Porém, eles precisariam ter cidadania belga, então pedem ajuda para o criminoso Fabio, que tem um esquema para o casal. Ele propõe que Lorna se case com um viciado em drogas belga em troca de dinheiro e, quando conseguisse a identidade nova, se livrasse dele e casasse com um russo, recuperando o que pagou.

Os dois aceitam a proposta, mesmo sabendo que o plano de Fabio é aproveitar o fato do marido, Claudy, ser um drogado, para matá-lo e agilizar o processo de legalização do russo na Bélgica. Enquanto Sokol trabalha fora do país para ter mais dinheiro, Lorna vive com o marido belga simulando um casamento natural. Aproveitando o fato de tê-la em casa, no entanto, Claudy pede ajuda para se livrar do vício. A princípio a jovem se convence de que é apenas uma desculpa, mas logo percebe que ele pretende mesmo levar uma vida normal.

Sensibilizada com o esforço dele, a mulher tenta encontrar uma forma de eles se separarem sem que seja preciso recorrer ao plano de Fábio, de matar o rapaz em uma overdose. Entretanto, aparentemente, nada do que ela fizer pode impedir a morte, e tentar ir contra este plano pode acabar com suas esperanças de ter sua lanchonete na Bélgica. O Silêncio de Lorna pode significar a condenação de Claudy, justamente no momento em que ele está decidido a mudar de vida.

Dirigido pelos irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne, O Silêncio de Lorna venceu o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes de 2008, onde também concorreram à Palma de Ouro. Está é a quarta participação dos cineastas no evento francês. Antes, eles já haviam concorrido ao prêmio principal em 2002 por O Filho, além de levar a Palma de Ouro em 1999, com Rosetta, e em 2005, com A Criança.


Trailer do filme

Notícias recomendadas

"Cine África Em Casa" exibe filmes africanos com bate-papo virtual; saiba mais!

Cinema

Cinemas drive-in começam a funcionar em São Paulo; veja endereços e mais detalhes

Cinema

Arena Estaiada Drive-In inaugura em São Paulo nesta sexta-feira (12); saiba mais sobre ingressos e sessões

Cinema

Cinema drive-in voltou; veja onde encontrar no Brasil

Cinema

Plataforma de cinema online inova ao exibir filmes inéditos e exclusivos; saiba tudo!

Cinema

5 motivos para conferir o festival de cinema online "We Are One: A Global Film Festival"

Cinema