Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

O Tango e o Assassino

Um matador vai à Argentina para eliminar um general, fica preso no país e descobre o tango. Com Robert Duvall..

O Tango e o Assassino

Diretor: Robert Duvall

País de origem: EUA

Ano de produção: 2002

Classificação: 12 anos

John J. (Robert Duvall) é um assassino profissional que também tem um lado mais pacato: adora dança de salão, gosta muito da namorada (Kathy Baker) e da filha dela, a pequena Jenny. Tanto que, ao receber um novo trabalho, impõe uma condição: tem de estar de volta antes do aniversário da menina - é que, para cumprir sua missão (que talvez seja a última, pois John já está cansado), ele tem de ir à Argentina.

Seu trabalho é eliminar um general local e, mesmo que o militar tenha sido responsável por algumas mortes, John não quer saber de rótulos, nem para o general nem para si mesmo - ele estaria agindo como justiceiro ou terrorista? Mas seus planos são arruinados por um imprevisto que o prende em Buenos Aires. Enquanto espera para realizar o assassinato, John conhece o tango, e especialmente a talentosa dançarina Manuela (Luciana Pedraza), que ensinará ao assassino o jeito argentino de dançar.

Assim como O Apóstolo, O Tango e o Assassino é um projeto pessoal de Robert Duvall, que escreveu, dirigiu, protagonizou e produziu o longa. Os amantes de dança provavelmente verão mais atrativos no filme que os fãs de filmes de ação, e o enredo não apela para soluções óbvias demais ao lidar com certas situações, preocupando-se mais com o retrato de um homem que não sabe direito o que quer da vida.

Notícias recomendadas

8 filmes imperdíveis sobre escalada e alpinismo

Cinema

Cinema: 10 trailers e teasers que vão te deixar ansioso(a) para 2019

Cinema

5 filmes com final ambíguo que você precisa assistir

Cinema

40 filmes imperdíveis dos anos 2000 que você precisa assistir o quanto antes

Cinema

15 filmes com a atriz Sandra Bullock que você precisa assistir

Cinema

Além de Harry Potter, 10 filmes com Daniel Radcliffe

Cinema