Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

O Tempo que Resta

Um homossexual com câncer terminal recusa o tratamento e magoa as pessoas a seu redor.

O Tempo que Resta

Diretor: François Ozon

País de origem: FRA

Ano de produção: 2005

Classificação: 16 anos

Aos 20 anos, o fotógrafo homossexual Romain parece ter tudo que um jovem feliz precisa: uma carreira em ascensão, uma família amorosa e a convivência e amor de seu namorado. Um dia, ao sentir que sua saúde poderia estar em risco, consultou um médico imaginando que seu diagnóstico seria de Aids. O que era ruim fica pior quando ele descobre que tem um tipo terminal de câncer e que a quimioterapia provavelmente ajudaria muito pouco.

Desconcertado com a notícia e com a estimativa de apenas mais três meses vivo, ele recusa a quimioterapia e mantém apenas o mínimo tratamento durante O Tempo que Resta. Romain larga o trabalho, decide esconder dos familiares a verdade e passa a tratá-los mal, inclusive sua irmã que está grávida. Ainda por cima, coloca um ponto final no namoro com Sasha e parte até a casa da avó. Talvez ela seja a única que possa ajudá-lo durante este momento, pois parece estar tão perto da morte quanto ele.

Este é o segundo filme que o diretor francês François Ozon trata da morte. Ele revelou, em entrevista, que levou para as telonas algumas experiências pessoais e pensou no tema enquanto esperou um pouco apreensivo pelos resultados de um exame. O elenco conta com Jeanne Moreau (no papel da avó), considerada uma das lendas vivas do cinema.

Notícias recomendadas

Saiba como assistir ao Oscar 2021 na TV e Internet

Cinema

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema