Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Os Vigaristas de Ridley Scott

Nicolas Cage interpreta um golpista com transtorno obsessivo-compulsivo que descobre uma filha de 14 anos enquanto prepara mais um grande golpe.

Os Vigaristas de Ridley Scott

Diretor: Ridley Scott

Elenco: Nicolas Cage

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: 14 anos

Roy Aller (Nicolas Cage) é um dos melhores em seu ofício - golpes, trambiques, mutretas e tudo o que possa tirar dinheiro dos outros sem que eles saibam. Isso, claro, quando não está em uma de suas crises de transtorno obsessivo-compulsivo. Mesmo sob medicação, ele tem uns tiques e algumas manias. Mas, quando perde as suas preciosas pílulas, seu parceiro, Frank (Sam Rockwell), recomenda ajuda psicológica.

É quando entra em cena o doutor Klein, que descobre coisas sobre a vida familiar de Roy. Um pouco mais de investigação e vem a grande surpresa: o golpista tem uma filha de 14 anos, Ângela (Alison Lohman, que na verdade tem 24). Agora que é pai, Roy precisa pensar sobre várias coisas: ele deveria contar à menina sobre seu "emprego"? Ou largar tudo? Justo agora, quando ele e Frank têm a oportunidade de um golpe que pode encher as carteiras dos dois?

Ridley Scott enfim fez o movimento de volta. Depois de Gladiador e Hannibal, em que o elemento gráfico era mais importante que uma boa história, o diretor de Blade Runner aposta na comédia, gênero não muito comum em sua carreira. A performance de Nicolas Cage foi muito elogiada pela crítica norte-americana, e há quem aposte em uma indicação ao Oscar para o ator.

Notícias recomendadas

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema

Mostras de cinema gratuitas e online para conferir em fevereiro

Cinema