Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Revelações

O novo romance de um ex-professor (Anthony Hopkins) com uma mulher bem mais nova (Nicole Kidman) o leva a enfrentar terríveis segredos do passado. Com Ed Harris e Gary Sinise..

Revelações

Diretor: Robert Benton

Elenco: Nicole Kidman, Anthony Hopkins

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: 16 anos

O professor Coleman Silk (Anthony Hopkins) foi o primeiro judeu a se tornar reitor de uma famosa faculdade do Massachusetts, e ensinou lá por trinta anos. Mas toda a sua carreira e respeitabilidade vão por água abaixo quando, numa aula, ele usa um termo de duplo sentido para designar dois alunos. Embora o significado que Coleman dera à palavra fosse claríssimo, a polícia do politicamente correto não lhe dá razão e, acusado de racismo, o reitor se demite, causando tamanho choque à sua mulher, Iris, que ela acaba morrendo.

Afastado das aulas, Coleman procura o escritor Nathan Zuckermann (Gary Sinise), que vive recluso na região, para que ele escreva a história do reitor. O livro não sai, mas os dois desenvolvem uma grande amizade, que permite a Coleman revelar a Nathan que está tendo um caso com uma mulher com idade para ser sua filha. É Faunia (Nicole Kidman), faxineira da faculdade e ex-mulher de Lester (Ed Harris), um veterano do Vietnã que tem todo o jeito de psicopata. Ela pode não ser o grande amor da vida de Coleman, mas será o último, e por isso ele quer vivê-lo com toda a intensidade (e com Viagra). O relacionamento dos dois, no entanto, precisa superar os terríveis segredos que tanto Coleman quanto Faunia guardam: ela, em relação à morte de seus dois filhos; ele, sobre uma decisão que tomou no passado e que afetou toda a sua vida desde então.

Revelações (o título é bem genérico, mas ainda é melhor que o original inglês, que traduzido seria A Marca Humana) é um drama que patina no suspense. O longa não é exatamente sobre racismo ou sobre a estupidez do politicamente correto - embora seja isso que nos dê uma das melhores falas do filme, da irmã de Coleman: "as pessoas estão ficando mais burras, mas mais dogmáticas" -, mas sobre o que acontece quando se constrói toda uma vida em torno de uma mentira. Pelo menos a platéia é poupada de cenas tórridas entre Anthony Hopkins e Nicole Kidman (que realmente não cairiam bem), mas a modelo australiana Jacinda Barrett, mais jovem, menos famosa, ainda tentando se firmar em Hollywood, aparece exatamente como veio ao mundo no papel de uma ex-namorada de Coleman - interpretado na juventude por Wentworth Miller, que não lembra Hopkins nem na aparência, nem no sotaque.

Notícias recomendadas

"Terremoto", "Tel Aviv em Chamas" e mais seis filmes estreiam nos cinemas nesta quinta-feira (12); saiba mais!

Cinema

16 filmes imperdíveis para assistir no primeiro semestre de 2020

Cinema

10 filmes de terror e suspense para assistir em 2020

Cinema

"Fim de Festa", "Seberg Contra Todos" e mais quatro filmes chegam aos cinemas nesta semana; saiba mais!

Cinema

18 filmes imperdíveis que estreiam nos cinemas em março de 2020

Cinema

"Você Não Estava Aqui", "O Homem Invisível" e mais quatro filmes estreiam nesta quinta-feira (27); Saiba mais!

Cinema