Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Sonhos Com Xangai

Famílias quase exiladas em fábricas no interior da China desejam voltar aos grandes centros.

Sonhos Com Xangai

Diretor: Wang Xiaoshuai

País de origem: CHI

Ano de produção: 2005

Classificação: 12 anos

Em meados da década de 60, a China de Mao Tse-Tung incentivava os operários que viviam nas grandes cidades a migrar para o interior. Assim, o país teria um desenvolvimento maior, além de uma grande população nos campos. Wu Zemin e sua esposa Mei Fen, então, saíram de Xangai rumo à pequena Guiyand, na província de Guizhou. No início dos anos 80, já sem o comando do ditador e com a China se abrindo para as reformas, o casal decide burlar o governo e voltar a viver na cidade grande.

Qing Hong, filha do casal, porém, não quer se mudar, já que não tem vínculo algum com a terra de seus pais e não pretende abandonar Lu Jun, um jovem por quem ela se apaixonou. A garota, então, passa a viver um dilema entre se render às emoções de sua primeira paixão, ou obedecer aos mandos dos pais e se afastar do pretendente. Com sua indecisão, Lu Jun começa a imaginar que não há interesse, o que pode piorar a vida de Qing Hong.

Sonhos com Xangai, dirigido pelo chinês Wang Xiaoshuai, fala sobre a estranha relação real existente na China dos anos 80, em que os pais queriam buscar uma vida moderna nas capitais, de onde vieram, enquanto os filhos se contentavam com o atraso das pequenas cidades. Esta situação foi vivida pelo próprio diretor, que nasceu em Xangai, mas se mudou para Guiyand com apenas dois meses, em 1966. O longa ganhou o prêmio do júri no Festival de Cannes de 2005.

Notícias recomendadas

14 filmes teens recém-lançados na Netflix que você deveria dar uma chance

Cinema

13 filmes imperdíveis que estreiam nos cinemas em fevereiro de 2020

Cinema

10 filmes imperdíveis em cartaz no feriado de 25 de janeiro de 2020

Cinema

"1917", "Um Lindo dia na Vizinhança" e mais três filmes estreiam nesta semana; Confira!

Cinema

Veja a lista de indicados ao Oscar 2020

Cinema

Motivos para assistir ao filme “O Relatório”, na Amazon Prime Video

Cinema