Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Trair e Coçar É Só Começar

Sucesso nos palcos, longa conta a história das confusões de uma empregada e seus patrões num condomínio de classe média..

Trair e Coçar É Só Começar

Diretor: Moacyr Góes

Elenco: Eve, Adriana Esteves

País de origem: BRA

Ano de produção: 2006

Classificação: 10 anos

Uma empregada doméstica se vê às voltas com confusões causadas por ela, pelos patrões e por um casal de amigos. Os quatro principais personagens imaginam que foram traídos e procuram comprovar as infidelidades. A desconfiança aumenta quando surgem falsas pistas de que os amantes realmente existem, como o recebimento de flores e de bilhetes amorosos de outras pessoas.

Olívia (Adriana Esteves), a empregada, é levemente ingênua e tem a confiança dos patrões, que lhe contam alguns segredos. Ela se complica por diversas vezes, já que possui enorme imaginação. Apaixonada pelo porteiro Nildomar (Aílton Graça), a doméstica deseja se casar e receber aumentos, mas é desatenta em várias de suas tarefas. No meio de toda confusão, um vendedor de jóias e uma dançarina do ventre são confudidos com amantes.

Nesta versão da peça teatral, Olívia é interpretada por Adriana Esteves. No elenco estão também Cassio Gabus Mendes, Otávio Muller, Bianca Byington, Aílton Graça e Mônica Martelli, que faz sua estréia no cinema. O filme foi dirigido por Moacyr Góes e o roteiro adaptado pelo autor original do texto, Marcos Caruso, com ajuda de Jandira Martini.

Notícias recomendadas

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema

Mostras de cinema gratuitas e online para conferir em fevereiro

Cinema