Guia da Semana

Guia da Semana

Há pouco menos de duas décadas, a americana Libby Reynols (Kelly Preston) e o britânico Henry Dashwood (Colin Firth) namoraram e foram até casados por um príncipe beduíno no Marrocos (o que aparentemente vale tanto quanto casar numa capela de Las Vegas com direito a Elvis e tudo). Mas as tramóias do assessor de Henry acabaram separando o casal, e o inglês nunca chegou a saber que tinha uma filha. Mas a sua hora chegou, já que Daphne (Amanda Bynes) resolveu ir conhecer o pai, deixando Chinatown para trás e pegando um avião para o Velho Mundo.

Lá, a menina norte-americana descobre que o pai, um nobre e político, renunciou à sua cadeira na Câmara dos Lordes para tentar um lugar na Câmara dos Comuns. E vai se casar com Glynnis, mãe da adolescente Clarissa. Claro, Henry quer conhecer melhor a filha, e tudo o mais. Mas não vai ser fácil. Muita gente quer se livrar de Daphne: a futura mulher e a futura enteada, por razões óbvias; e Alastair, o mesmo assessor que separou Henry e Libby anos antes, teme um escândalo daqueles que façam as chances eleitorais de Henry naufragar.

Se você acha que essa história se parece demais com O Diário da Princesa, acertou. Mas saiba que o enredo de Tudo Que Uma Garota Quer vem de uma peça escrita por William Douglas Home, cujo irmão fez a mesma coisa que Henry e se tornou primeiro-ministro da Inglaterra. A peça já tinha virado filme em 1958, pelas mãos de Vincente Minelli, mas naquela época a personagem adolescente não era a protagonista e, no fim, se tornava uma mulher. Agora, é o resto da Inglaterra, que deve aprender com Daphne que os norte-americanos são muito melhores, que vira adolescente.

Tudo Que Uma Garota Quer

Diretor: Dennie Gordon

Elenco: Colin Firth, Amanda Bynes

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: Livre