Guia da Semana

Guia da Semana

Uma vez, um menino órfão subiu no trenó de Papai Noel e acabou no Pólo Norte, sendo criado por um casal de duendes. Buddy (Will Ferrell) acabou acreditando que era mesmo um dos ajudantes do bom velhinho, apesar de ser bem mais alto que seus irmãos e não ter a mesma habilidade em fazer presentes. Mas, agora que ele está adulto, chegou a hora da verdade. Quando Papai Noel revela que seu pai biológico é um editor, mora em Nova York e está na lista de pessoas que merecem carvão na meia, Buddy resolve ir conhecê-lo.

É óbvio que Walter (James Caan) não acredita que aquela criatura de roupas esquisitas seja seu filho, mas Buddy sabe coisas que aparentemente só o pai saberia. Levado para a casa do editor, Buddy é imediatamente aceito pela mulher de Walter, mas Michael, o filho de 10 anos do casal, não se mostra assim tão amistoso. Buddy até ganha um emprego - por engano: graças ao seu figurino, ele é confundido com um empregado de uma loja de departamentos. Bom para ele, pois lá o duende conhece a bela Jovie. E, como se não bastasse, ele ainda tem de salvar o Natal: o Pólo Norte funciona à base de fé (quem diria, pelo menos uma coisa o bom velhinho e Freddy Krueger têm em comum), e poucas pessoas hoje ainda acreditam em Papai Noel.

Depois dos filmes da Xuxa, realmente os duendes mereciam algo melhor! O comediante Will Ferrell, saído do Saturday Night Live, estrela Um Duende em Nova York, aparentemente o único filme natalino do ano (descontando a comédia romântica Simplesmente Amor, que se passa no Natal, mas poderia ser ambientada em qualquer outra época). A idéia, no entanto, não é nova: havia planos para este filme desde 1993 - à época, o papel devia ser de Jim Carrey. A maior parte das cópias deste filme é dublada, mas há algumas sessões legendadas.

Um Duende em Nova York

Diretor: Jon Favreau

Elenco: Will Ferrell

País de origem: EUA

Ano de produção: 2003

Classificação: Livre