Guia da Semana

Guia da Semana

Teatro Paramount, centro de São Paulo. No dia 21 de outubro de 1967 aconteciam, neste local, as apresentações que mudariam os rumos da cultura do país. Era a final do 3º Festival de Música Popular Brasileira da TV Record, a noite que entrou para a história dos festivais, da música popular e da cultura do país.

Na plateia, energia e disposição para aplaudir ou vaiar os artistas com a mesma intensidade. No palco, nomes como Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Roberto Carlos e Edu Lobo interpretando músicas emblemáticas como Roda Viva, Domingo no Parque e Alegria, Alegria. Sérgio Ricardo também participou do festival, no qual selou seu destino artístico ao quebrar o violão e atirá-lo na plateia depois de ser duramente vaiado pela canção Beto Bom de Bola.

Este é o cenário do documentário Uma Noite em 67, dirigido por Renato Terra e Ricardo Calil, apresentado na abertura da 15ª edição do É Tudo Verdade, Festival Internacional de Documentários, que mostra, por meio de depoimentos inéditos dos principais personagens e imagens históricas, os elementos que transformaram aquela final no clímax da produção musical dos anos 1960 no Brasil.

Trailer do filme

Uma Noite em 67

Diretor: Renato Terra e Ricardo Calil

País de origem: Brasil

Ano de produção: 2010

Classificação: Livre