Guia da Semana
Cinema
Por Redação Guia da Semana

Violação de Privacidade

Longa mostra futuro onde, depois da morte, são feitos filmes com imagens de memórias guardadas em um chip implantado no cérebro de cada um.

Violação de Privacidade

Diretor: Omar Naim

Elenco: Robin Williams

País de origem: CAN/ALE

Ano de produção: 2004

Classificação: 12 anos

No futuro, os pais de crianças que ainda nem nasceram têm a possibilidade de implantar chips nos cérebros dos filhos ainda no útero. Estes dispositivos permitem que todas as memórias desta pessoa fiquem registradas e, quando o indivíduo morre, o chip é retirado para que seja feito um filme que mostre passagens de sua vida. Esta pequena edição sobre as lembranças do falecido é exibida num ritual pós-morte chamado de rememória.

Alan Hakman (Robin Williams) é um dos melhores editores de rememória do mercado. Ele monta os filmes de maneira que pareça que tudo o que a pessoa que morreu fez possa ser perdoado. Ele sente que é uma espécie de devorador de pecados, numa esperança de que os seus próprios possam ser perdoados. Suas atitudes mudam quando ele trabalha na edição da remomória implantada em Charles Bannister, executivo de uma grande empresa. No chip dele, Alan encontra imagens de uma pessoa que fez parte de seu passado. Com a ajuda de sua namorada Delila (Mira Sorvino), ele parte em busca da verdade sobre esta pessoa que voltou a assombrar seus pensamentos.

No elenco Violação de Privacidade também está Jim Caviezel, que interpretou Jesus em A Paixão de Cristo de Mel Gibson. Na direção, está o jordaniano Omar Naïm, que foi indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim do ano passado.

Notícias recomendadas

Saiba como assistir ao Oscar 2021 na TV e Internet

Cinema

Divulgados trailer e pôster inéditos do filme "Cruella"; confira!

Cinema

Resenha: 'En las estrellas'

Cinema

Confira a lista dos indicados ao Oscar 2021

Cinema

Oscar 2021: saiba onde assistir aos filmes indicados

Cinema

10 mostras de cinema online para conferir em março de 2021

Cinema